22°
Máx
14°
Min

Justiça suspende assembleia de apreciação das contas de Del Nero e Marin

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil) - Justiça suspende assembleia de apreciação das contas de Del Nero e Marin
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil)

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão da assembleia de apreciação das contas da CBF referentes a 2015 que aconteceria nesta segunda-feira. O pedido foi feito pela Federação Catarinense de Futebol.

A liminar foi concedida no fim da tarde de domingo pelo juiz Paulo Assed Estefan. A Federação Catarinense alega que a CBF não deu acesso aos comprovantes de receita e despesas da entidade. Em 2015, a CBF foi presidida por José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. O primeiro está em prisão domiciliar nos Estados Unidos e o segundo foi acusado de corrupção pelo FBI.

A Federação de Santa Catarina é presidida por Delfim Peixoto, que também é vice da CBF. Ele é opositor de Del Nero, que está licenciado da presidência da CBF. O atual presidente em exercício da entidade é o Coronel Antonio Nunes, do Pará.

Publicidade

No despacho, o juiz afirma que o exame dos comprovantes de despesas de receitas da CBF "é essencial para discussão e voto da aprovação das contas daquele período". Participariam da apreciação das contas da CBF os presidentes das federações estaduais. Eles viajaram ao Rio com passagens pagas pela entidade.

Mesmo com a decisão da Justiça, a assembleia, convocada desde o dia 19 de fevereiro, deve ocorrer para a discussão de outros temas da pauta como indicação de membros do Conselho Consultivo da CBF.