23°
Máx
12°
Min

Lanterna do Brasileirão, América-MG anuncia demissão de Givanildo

(Foto: Divulgação)  - Lanterna do Brasileirão, América-MG anuncia demissão de Givanildo
(Foto: Divulgação)

Caiu o técnico mais longevo em um dos 20 clubes da elite do futebol nacional. Nesta sexta-feira, a diretoria do América Mineiro anunciou a demissão de Givanildo Oliveira, que estava em sua quarta passagem pela equipe, em trabalho iniciado em setembro de 2014.

Givanildo foi o treinador responsável por conduzir o América-MG ao acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, em 2015. Além disso, neste ano, faturou o título do Campeonato Mineiro, encerrando um jejum de 15 anos do clube sem vencer o torneio estadual.

Esses feitos, porém, foram insuficientes para manter Givanildo à frente do América diante do início ruim do time no Brasileirão. A equipe é a única que ainda não venceu no torneio nacional e ocupa a lanterna, com apenas dois pontos somados em cinco rodadas.

Assim, no dia seguinte ao último tropeço - a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, no Independência -, a diretoria anunciou a demissão de Givanildo, que vinha dirigindo o time há mais de 600 dias e é o segundo treinador que mais vezes treinou o América, também tendo sido campeão da Série B em 1997 e da Série C em 2009.

Além de Givanildo, o preparador físico Wellington Vero também foi demitido do América. Enquanto o substituto do treinador não é definido, o clube mineiro vai ser dirigido pelo auxiliar Cláudio Prates. O próximo compromisso da equipe será no domingo, às 11 horas, quando receberá o Figueirense, no Independência.

Antes de Givanildo, outros três clubes já haviam trocado de técnico neste início do Brasileirão. O Atlético-MG trocou Diego Aguirre por Marcelo Oliveira após o time ser eliminado nas quartas de final da Copa Libertadores. Já Muricy Ramalho deixou o Flamengo por problemas de saúde, sendo sucedido pelo interino Zé Ricardo. Além disso, o Coritiba demitiu Gilson Kleina na última quarta-feira, com Pachequinho assumindo a equipe de forma interina.