21°
Máx
17°
Min

Lesionado, Dybala é cortado e aumenta baixas da Argentina nas Eliminatórias

A lista de desfalques da seleção argentina para os próximos dois confrontos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 não para de crescer. Nesta quarta-feira, foi a vez do atacante Paulo Dybala ser cortado por conta de lesão e ampliar para quatro o número de baixas do técnico Gerardo Martino para encarar o Chile e a Bolívia.

Dybala ainda não se recuperou plenamente de uma lesão muscular na coxa direita. Ele ficou de fora da derrota para o Bayern de Munique que eliminou a Juventus da Liga dos Campeões no meio da semana passada, voltou no clássico diante do Torino no domingo, mas precisou ser substituído durante o confronto novamente por conta das dores.

O jogador chegou a se apresentar normalmente à seleção no início da semana, mas não havia conseguido fazer um treinamento ao lado dos companheiros. Ainda sentindo os incômodos, Dybala vinha realizando trabalhos à parte. A expectativa é que se recuperasse à tempo de defender as cores do país, mas isso não aconteceu.

Com isso, Dybala se tornou o quarto jogador cortado pela comissão técnica argentina nos últimos dias. Ele se juntou ao volante Enzo Pérez e os meias Pastore e Gaitán, todos excluídos por lesões. O zagueiro Otamendi, também por problema físico, é outro que ainda pode deixar a seleção.

É com todos estes problemas que Martino terá que conduzir a Argentina em busca de dias melhores nas Eliminatórias contra o Chile, nesta quinta-feira, em Santiago, e a Bolívia, terça-feira que vem, em Córdoba. O país é somente o sexto colocado da tabela até o momento, com cinco pontos em quatro partidas.