22°
Máx
14°
Min

Lesionado, Welbeck para por 9 meses, perde Eurocopa e metade da próxima temporada

O Arsenal e a seleção da Inglaterra sofreram uma baixa de peso por um longo período. Nesta segunda-feira, o clube londrino explicou que o atacante Danny Welbeck precisou passar por uma cirurgia no joelho direito e ficará afastado dos gramados por aproximadamente nove meses.

O longo período de afastamento significa que Welbeck, além da rodada final do Campeonato Inglês, vai perder mais da metade da temporada 2016/2017 e também é ausência certa na Eurocopa, marcada para o período entre 10 de junho e 10 de julho - ele fez parte da seleção inglesa no torneio continental de 2012 e na Copa do Mundo de 2014.

Havia a expectativa de que ele fosse um dos cinco atacantes convocados pelo técnico Roy Hodgson para defender a seleção da Inglaterra na França e também acabasse sendo escolhido para ser titular durante a Eurocopa, ainda mais após marcar seis gols durante as Eliminatórias.

Nesta quarta-feira, o Arsenal explicou que os exames realizados por Welbeck mostram que ele sofreu "significativos danos na cartilagem" em uma disputa de bola durante a partida do Arsenal contra o Manchester City, válida pelo Campeonato Inglês, disputada no último fim de semana. Welbeck estava em boa forma desde o seu retorno, tendo marcado cinco vezes, incluindo os gols das vitórias do Arsenal sobre Leicester e Norwich.

Essa lesão grave significa um novo baque na carreira de Welbeck, de 25 anos, que só voltou à ação em fevereiro após ficar dez meses afastado dos gramados por causa de uma contusão no joelho esquerdo. "Eu estarei de volta mais forte", escreveu Welbeck em texto publicado no seu perfil na rede social Twitter.

Hodgson está programado para anunciar a lista de 23 convocados da Inglaterra para a Eurocopa na próxima segunda-feira. Companheiro de Welbeck no Arsenal, o meia Alex Oxlade-Chamberlain também está fora do torneio por causa de lesão, enquanto o volante Jordan Henderson, do Liverpool, voltou a treinar nos últimos dias, mas ainda sem disputar um jogo, depois de se recuperar de um problema nos ligamentos do joelho. O meia Jack Wilshere só recentemente voltou a defender o Arsenal, depois de perder a maior parte da temporada por causa de uma contusão.

Com a indisponibilidade de Welbeck, Theo Walcott, também do Arsenal, e Andros Townsend, do Newcastle, se tornam candidatos a serem convocados por Hodgson para a disputa da Eurocopa.