22°
Máx
14°
Min

Levir exalta 'resultado muito prazeroso'; Cícero ironiza ao festejar gol impedido

(Foto: Mailson Santana/ Fluminense FC) - Levir exalta 'resultado muito prazeroso'
(Foto: Mailson Santana/ Fluminense FC)

O Fluminense "lavou a alma" ao vencer o Corinthians por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Itaquerão, onde ultrapassou o adversário e assumiu a quinta posição do Campeonato Brasileiro. No mesmo local, na última quarta-feira, o time carioca foi derrotado pelo rival, também por 1 a 0, em confronto de arbitragem polêmica no qual a equipe paulista avançou às quartas de final da Copa do Brasil.

Após este novo duelo, o técnico Levir Culpi não escondeu a alegria por ter conseguido dar o troco nos corintianos, que caíram para a sétima posição e se viram mais distantes da briga por uma vaga no G4 do Brasileirão.

"A atuação do Fluminense foi boa, conseguir essa vitória na casa deles é muito bom. É o jogo para torcedor, que une o time e dá aquela esperança. Nós brasileiros somos emotivos, e realmente foi muito prazeroso para gente esse resultado", ressaltou o treinador, para em seguida ir mais longe ao destacar o peso histórico que o triunfo teve para a sua trajetória profissional.

"Foi muito interessante essa vitória, um jogo muito bom. Foi uma das vitórias importantes da minha carreira. O jogo foi tão legal para nós que isso dispensa os comentários sobre a arbitragem", comentou.

A arbitragem, por sinal, voltou a ser motivo de polêmica no Itaquerão. Depois de dois pênaltis que o Fluminense reclamou que não foram marcados no duelo da última quarta-feira, neste domingo foi a vez de uma penalidade sobre Marcos Junior não ser assinalada pelo árbitro gaúcho Anderson Daronco no primeiro tempo do duelo.

Levir, porém, evitou dizer que se sente vingado com o triunfo deste domingo. "Estou valorizando esta vitória. É isso que a gente quer fazer. Os clubes da competição são muito bons. A competitividade é muito grande. O Corinthians poderia ter vencido a partida. O que vale é a brincadeira. Não gosto desta coisa revanchista. Quero ficar quietinho, humilde porque o outro jogo vai ser difícil, mas temos que comemorar esta vitória", enfatizou o treinador, já projetando o duelo do próximo sábado, contra o Sport, em casa, pela 28ª rodada do Brasileirão.

CÍCERO IRONIZA - Autor do gol que deu a vitória ao Fluminense neste último domingo, aos 49 minutos do segundo tempo, Cícero marcou em um lance no qual o zagueiro Gum, que participa da jogada, estava em posição de impedimento.

Ao comentar o lance, porém, o meio-campista foi irônico, lembrando que finalmente pôde comemorar um gol no Itaquerão após ter outros três anulados no estádio, sendo um deles em confronto do Brasileirão do ano passado, quando fez e a arbitragem assinalou impedimento de forma errada. Já na última quarta-feira, ele marcou duas vezes, mas desta vez nas duas ocasiões realmente em posição irregular, flagrada pelos auxiliares do árbitro de forma correta.

"O gol foi muito importante pois nos deixa perto do G4. Tive de fazer quatro para valer um. Claro que dois estavam impedidos, realmente. A equipe, ao menos, hoje (domingo) saiu feliz", ressaltou, para também destacar que o Flu triunfou em "um jogo muito complicado". "Sabemos como é difícil ganhar no Itaquerão, mas entramos em campo procurando pensar em só jogar futebol, sabendo que era um confronto direto pelo G4", lembrou.

O Flu, por sinal, conquistou duas vitórias importantes contra rivais diretos na luta por uma vaga no G4 em seus dois últimos dois jogos longe de seus domínios. Anteriormente, o time derrotou o Grêmio em Porto Alegre. "Vencemos duas ótimas equipes fora de casa, mas temos ciência de que, se quisermos entrar no G4, temos de melhorar cada vez mais. A equipe está no caminho certo. Eram dois confrontos diretos e conquistamos belas vitórias. Vamos entrar firmes na luta pelo G4. São 11 finais para terminarmos bem a competição", avisou Cícero.

Como foi eliminado pelo Corinthians na Copa do Brasil, o Fluminense não irá atuar neste meio de semana, quando acontecem os duelos de ida das quartas de final da competição. Assim, o técnico Levir Culpi concedeu dois dias de folga ao elenco tricolor, que só retorna aos treinos na tarde de quarta-feira.