22°
Máx
14°
Min

Londrina está há 13 jogos sem alcançar ‘meta Malucelli’ de público

(foto: Wellington Ferrugem/Londrina Esporte Clube) - Londrina está há 13 jogos sem alcançar ‘meta Malucelli’ de público
(foto: Wellington Ferrugem/Londrina Esporte Clube)

O gestor do Londrina Esporte Clube, Sérgio Malucelli, estabeleceu uma meta de sete mil torcedores presentes no jogo diante do Vila Nova, neste sábado (11) no estádio do Café, para não vender a partida contra o Vasco, no dia 21, para empresários interessados em levar o confronto para o estádio Mané Garrincha, em Brasília.

No entanto, o número está distante da média de torcedores presentes em jogos do Tubarão neste ano. Em nenhuma das 13 partidas disputadas ‘em casa’ em 2016 o público chegou nem próximo dos sete mil.

É bem verdade que o alviceleste mandou jogos em Arapongas e no reformado Vitorino Gonçalves Dias no Paranaense, mas o melhor público foi diante do Atlético Parananese, com 4.168 torcedores no VGD

Na Série B do Brasileiro, o recorde de torcedores foi na estreia diante do CRB, com 3.741 espectadores para a derrota londrinense por 1 a 0. O índice foi caindo e chegou a apenas 2.015 pessoas no jogo contra o Tupi, sábado passado.

A ‘meta Malucelli’ só foi alcançada nas partidas finais da Série C do ano passado. Na primeira partida da decisão contra o Vila Nova, 13.099 estiveram no estádio do Café. O recorde do ano passado foi na partida que garantiu o acesso, com 29.986 torcedores comemorando a vaga na Segunda Divisão.

E aí torcedor, será que o Tubarão joga contra o Vasco em casa ou vai até Brasília? Comente!