28°
Máx
17°
Min

Londrina perde para o Avaí e agora 'liga o secador'

(foto: Jamira Furlani / AVAÍ F.C.) - Londrina perde para o Avaí e agora 'liga o secador'
(foto: Jamira Furlani / AVAÍ F.C.)

Depois de cinco partidas, o Londrina voltou a sentir o gosto amargo da derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando na Ressacada, em Florianópolis, o Tubarão foi derrotado pelo Avaí por 1 a 0 e viu cair por terra a chance de entrar no G4 ao fim do primeiro turno da competição.

Com outros oito jogos a serem realizados na 18ª rodada, só resta ao time comandado por Cláudio Tencati ligar o 'secador' e torcer para que outras equipes logo abaixo da tabela não vençam seus jogos. Dependendo de uma combinação de resultados, o Tubarão pode cair da sexta para a décima posição.

O Londrina só volta a campo na próxima terça-feira (2), encerrando a participação no primeiro turno contra o Bragantino no estádio do Café.

O jogo

Mais uma vez, as suspensões e contusões obrigaram o técnico Claudio Tencati a alterar quase meio time em relação ao que havia empatado com o laterna Sampaio Corrêa em casa. Igor Bosel retornou à lateral direita, Marcondes e Everton Sena fizeram uma inédita dupla de zaga e Anderson e Rondinelly reforçaram o meio-campo.

Prevendo que o encaixe demoraria a ocorrer, o time do Avaí foi para cima do Londrina. Logo aos três minutos, Jajá arriscou de longe e obrigou o goleiro Marcelo Rangel a se mexer. Dois minutos depois, em cobrança de falta na entrada da área, Renato mandou no travessão do goleiro londrinense.

A pressão dos donos da casa era constante, e o Tubarão só conseguiu um respiro aos 15 minutos, quando Léo cruzou da direita, Jô desviou e a bola sobrou para Anderson, que bateu com perigo.

Depois da primeira chance, o Londrina conseguiu equilibrar a partida e teve chances com chutes de fora da área de Léo e Zé Rafael. Já o Avaí mantinha a posse de bola, mas não conseguia mais pressionar.

Na volta para o segundo tempo, Silas resolveu mexer no ataque, sacando Lucas Coelho para entrada de Tatá.

Aos quatro minutos, os donos da casa abriram o placar com um golaço.Diego Jardel recebeu no meio, carregou a bola diante da frágil marcação de Léo e bateu forte no canto esquerdo de Marcelo Rangel, que chegou a tocar na bola mas não evitou o gol.

Depois de ficar atrás do marcador, o Londrina resolveu tomar as rédeas da partida e ficar mais com a bola. Com Rondinelly nitidamente fora de ritmo, cabia a Zé Rafael organizar as jogadas ofensivas. Sem efetividade, Tencati resolveu fazer duas alterações aos 16 minutos: as tradicionais saídas de Keirrison para entrada de Itamar, e de Jô para dar lugar a Paulinho Moccelin.

As mudanças não surtiram efeito, já que, assim como nas partidas anteriores, a bola chegava 'quadrada' ao ataque alviceleste. Em um dos passes que recebeu na área, Itamar não conseguiu chegar na bola e cometeu falta dura no zagueiro do Avaí, garantindo mais um cartão amarelo à lista do campeão de advertências na Série B.

Aos 29, Tencati queimou o último cartucho, colocando Netinho na vaga de Rondinelly. Chance para valer, só em bola parada. Aos 39, Netinho cobrou escanteio e Germano desviou de cabeça, à esquerda do gol de Renan. Satisfeito com o 1 a 0, o Avaí valorizou a posse de bola e aguardou o apito final para saltar quatro posições na tabela e chegar aos 23 pontos, na 11ª colocação.