23°
Máx
12°
Min

Londrina vence a terceira seguida e se consolida no G4

(foto: Larissa Fernandes/Rede Massa) - Londrina vence a terceira seguida e se consolida no G4
(foto: Larissa Fernandes/Rede Massa)

Os gritos de 'É Tubarão' vindos da arquibancada do estádio do Café após a vitória por 1 a 0 sobre o Bahia soaram como contagem regressiva. Traduzindo: para  a torcida, faltam apenas nove jogos para o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

O triunfo sobre o tricolor, além de ser a terceira vitória consecutiva do Tubarão – fato inédito até então – faz o time abrir cinco pontos de vantagem sobre o adversário. Os comandados de Cláudio Tencati chegam aos 48 pontos e se mantêm na quarta posição, colado nos líderes Atlético Goianiense e Vasco, próximo adversário, no sábado (8) em Manaus.

“Era um adversário direto, importante vencer hoje. A gente sabia que seria muito difícil pela qualidade do elenco do Bahia. Era o dia da superação, dedicação. Talvez não tenhamos apresentado um bom futebol, mas valeu o empenho”, avaliou o capitão Germano.

O jogo

O Tubarão começou a partida tomando a iniciativa. Aos cinco minutos, Léo chegou na linha de fundo e cruzou na área. Keirrison se antecipou à zaga e cabeceou com perigo contra o gol de Muriel.

Dois minutos depois, a cabeceada foi mais certeira. Zé Rafael cobrou falta dentro da área e o volante Anderson, em posição irregular, subiu mais que a defesa tricolor para mandar para as redes.

Atrás do placar, o Bahia passou a ter mais posse de bola, mas sem ameaçar efetivamente o goleiro Marcelo Rangel. Quem chegou com perigo foi o Londrina. Aos 26, Léo cobrou lateral na área, Fillipe Souto ajeitou bonito e mandou uma bomba de primeira. Muriel desviou e a bola ainda tocou no travessão antes de sair. Três minutos depois, foi a vez de Jô arriscar de fora da área e parar em defesa do camisa 1 baiano.

Na volta para o segundo tempo, roteiro parecido com o primeiro. Bahia com a bola no pé e Londrina com as principais chances. Logo aos três minutos, Anderson acionou Zé Rafael, que bateu de primeira dentro da área e mandou uma bomba, sem direção.

Sem conseguir chegar à meta londrinense, o técnico Guto Ferreira apostou na saída do atacante Edigar Junio e entrada de Régis para fortalecer o meio-campo. Não funcionou.

Do lado alviceleste, para ganhar fôlego, Keirrison e Zé Rafael deixaram o campo para as entradas de Safira e Rondinelly.  Foi o suficente para garantir o controle do jogo e aguardar o  apito final sem ser ameaçado pelo adversário.

Com o apito final, o técnico Cláudio Tencati e os jogadores foram até a torcida agradecer o apoio. Longe do torcedor, o Tubarão pega o líder no sábado e espera voltar para casa com mais três pontos na bagagem e um número a menos na contagem regressiva para a Série A.