22°
Máx
17°
Min

Lucho González é apresentado no Atlético Paranaense

(Foto: Robson de Lazzari / Rede Massa) - Lucho González é apresentado no Atlético Paranaense
(Foto: Robson de Lazzari / Rede Massa)

O mais recente reforço do Clube Atlético Paranaense para o Campeonato Brasileiro foi apresentado nesta segunda-feira (19). O experiente meio-campo argentino Lucho González, de 35 anos, chegou elogiando a estrutura rubro-negra e o futebol brasileiro.

Com passagens por grandes clubes internacionais como Porto, Olympique de Marseille e River Plate, essa é a primeira vez que o argentino atua em um clube brasileiro. “Estou muito feliz e motivado para tentar ajudar o clube e atingir nossos objetivos”, disse o meia, declarando estar surpreso com a estrutura atleticana. “Me falaram que a estrutura era muito boa, mas muitas vezes falam e não é verdade. Quando cheguei aqui, fiquei surpreso”, comentou.

Lucho destacou a garra que irá empregar nos jogos e a importância da coletividade. “Sempre tentei lutar pelos objetivos, gosto de ganhar, vencer, mas meu pensamento é que precisamos de todos, não é ninguém sozinho que vai ganhar”, disse. Para o atleta, a semana de treinamentos será essencial para recuperar o ritmo, e mesmo sem jogar há quase dois meses, ele garante que está se sentindo bem e à disposição do técnico Paulo Autori.

Experiência

Aos 35 anos, o meia toma o posto de jogador mais experiente do Furacão, que antes era de Paulo André, dois anos mais novo. “O Paulo ficou contente por esse título agora ser meu”, brincou. “Me sinto como se tivesse 20 anos vendo todos os meninos treinar, estou me sentindo muito bem”, afirmou.

O atleta vestirá a camisa 3 no Furacão, que para ele é um número que trouxe muita sorte. “Sei que não é um número para o meio-campo, mas não é ele que importa e sim fazer tudo bem feito dentro do gramado”.

A idade e a experiência, aos olhos do presidente Salim Emed, servirão como referência para os demais atletas da equipe, que é formada em sua maioria por atletas formados pelo próprio clube. Para Salim, a chegada de Lucho também reforça a importância dos clubes do Paraná. “Temos que parar com essa visão muito pequena do nosso estado, a gente tem que ser líder, protagonista no futebol brasileiro. Sempre que a gente conseguir ter atletas com esse perfil vai ser bom para todos nós”. O presidente ainda disse que se tudo ocorrer como planejado, o meia fará sua estreia no próximo domingo (25), diante da Ponte Preta.

O presidente Salim Emed aproveitou a coletiva de imprensa para falar sobre a ainda polêmica grama sintética da Arena da Baixada. “Temos que acabar com esse preconceito de que o Atlético tem vantagem técnica por ter gramado sintético. Não é uma vantagem técnica, é um jogo e que nós estamos sendo mais competentes que os outros”, disse.

Colaboração Louise Fiala e Robson de Lazzari / Rede Massa