26°
Máx
19°
Min

Luis Enrique admite que Barcelona pode liberar Neymar para a Olimpíada

(Foto: Divulgação/Barcelona) - Luis Enrique admite que Barcelona pode liberar Neymar para a Olimpíada
(Foto: Divulgação/Barcelona)

Um dos três melhores jogadores do mundo na atualidade, Neymar faria diferença em qualquer seleção do mundo. Não é diferente com a brasileira, ainda mais a olímpica. O técnico Dunga quer contar com o craque nos Jogos Olímpicos do Rio, em busca de uma inédita medalha de ouro, mas encontra resistência no calendário apertado. Como a competição não é organizada pela Fifa, o Barcelona tem o direito de vetar a participação de seus atletas.

Nesta sexta-feira, porém, o técnico Luis Enrique foi questionado sobre o assunto em uma entrevista coletiva e indicou que existe a possibilidade de o Barça liberar o craque para defender a seleção.

"É uma situação atraente para qualquer atleta, seja qual for o esporte. Disputar os Jogos Olímpicos em seu país é sempre algo especial e, neste caso, a situação difícil é porque Ney tem um compromisso, uma competição anterior aos Jogos Olímpicos. Será questão de ir avaliando essas questões para que a carga não seja excessiva", disse o treinador.

Os Jogos Olímpicos do Rio acontecem durante o período de férias do futebol europeu, com partidas marcadas entre 3 e 21 de agosto. A liberação de Neymar não seria um problema se a seleção brasileira não tivesse outro compromisso em julho: a Copa América Centenário, que vai ser realizada nos Estados Unidos entre 3 e 26 daquele mês.

Como o Barcelona negocia com Neymar a renovação de seu contrato, a liberação para a Olimpíada, fazendo a vontade do jogador, pode ser uma forma de agradá-lo. Por outro lado, existe a preocupação com a forma física do atacante, que teria férias curtíssimas, especialmente se o Barcelona chegar à final da Liga dos Campeões.

Outro craque do Barça que poderia estar na Olimpíada, Lionel Messi não será convocado para os Jogos do Rio. O técnico Tata Martino já avisou que não pretende expor o craque ao excesso de jogos e só o levará à Copa América Centenário. Cada seleção, vale lembrar, pode ter apenas três atletas com mais de 23 anos. Rafinha, que faz parte do elenco do Barcelona e está machucado, tem grandes chances de estar na lista de Dunga.