22°
Máx
16°
Min

Luiz Gustavo é o sexto jogador cortado da seleção e Dunga chama o gremista Walace

Créditos: Rafael Ribeiro / CBF - Luiz Gustavo é o sexto jogador cortado da seleção e Dunga chama o gremista Walace
Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

O volante Luiz Gustavo foi o sexto jogador cortado da seleção brasileira na preparação para a disputa da Copa América Centenário. O motivo, ao contrário das desconvocações anteriores, não foi contusão. O jogador pediu dispensa por motivos pessoais. Para seu lugar, Walace, do Grêmio, foi convocado nesta quinta-feira. O jogador do alemão Wolfsburg já havia relatado o problema para a comissão técnica ainda no Brasil, de acordo com a CBF.

No treinamento da última quarta-feira, a mudança mais importante realizada no time foi a entrada do volante Casemiro no lugar de Luiz Gustavo no time titular. A outra alteração, já esperada, foi a escalação do lateral-esquerdo Filipe Luis na vaga de Douglas Santos. Os dois novos titulares não haviam participado do amistoso contra o Panamá por estarem envolvidos na disputa da final da Liga dos Campeões da Europa com seus clubes.

Nesta quinta-feira, então, a convocação de Walace havia sido anunciada pelo Grêmio antes mesmo de a CBF oficializar a saída de Luiz Gustavo da seleção brasileira.

Esse foi o sexto corte de jogadores sofrido pelo Brasil antes da estreia na Copa América. Antes da apresentação oficial, o atacante santista Ricardo Oliveira, do Santos, pediu desligamento por causa de uma lesão no joelho direito. Já na concentração em Los Angeles, Douglas Costa, do Bayern de Munique, foi cortado por causa de uma lesão muscular.

Em seguida, foi a vez do goleiro Ederson, do Benfica, e do meia Rafinha, do Barcelona. Ambos também estavam lesionados. Na última quarta-feira, Kaká, que havia sido chamado para a vaga de Douglas Costa, também se despediu da seleção também com uma contusão muscular. Agora foi a vez de Luiz Gustavo deixar a equipe.