22°
Máx
17°
Min

Magno Alves salva, Flu vence e se aproxima da classificação no Carioca

(Foto: Divulgação)  - Magno Alves salva, Flu vence e se aproxima da classificação no Carioca
(Foto: Divulgação)

Graças a um gol do veterano Magno Alves aos 41 minutos do segundo tempo, o Fluminense venceu com o Friburguense por 2 a 1 nesta quarta-feira, em Nova Friburgo (RJ), pela sétima rodada do Campeonato Carioca. Precisando da vitória, o Flu chegou a dez pontos, na quarta posição do Grupo A, e precisa de apenas um empate na última rodada para se classificar às quarta de final na próxima rodada. O Friburguense permanece com oito pontos, na sexta colocação do Grupo B.

Apesar da vitória, o time das Laranjeiras não jogou bem. Atolado na transição de técnico - a equipe foi comandada interinamente por Marcão -, o elenco não pareceu esquecer o momento que vive.

Ao tentar resolver a partida rapidamente, o Fluminense deixou muitos espaços para o adversário, que se aproveitou das oportunidades. Diego Souza acabou muito isolado na função de centroavante e as melhores jogadas saíram de lances individuais. Do outro lado, o Friburguense soube se posicionar e, compacto, se lançou ao ataque com perigo nos espaços deixados. Não saiu vitorioso por pouco.

Os times voltam a campo para a última rodada da primeira fase do Carioca, no domingo. O Fluminense joga contra o América no estádio Los Larios, em Xerem, às 16h, e o Friburguense recebe a Portuguesa no Eduardo Guinle no mesmo horário.

JOGO - Em má fase, o Fluminense iniciou o jogo atento e foi premiado pela dedicação. Logo aos 2 minutos, Wellington Silva cruzou e Cícero subiu mais que a defesa para cabecear no fundo das redes. A equipe tricolor aproveitou a vantagem para dominar inicialmente a partida. As principais jogadas saíam pela direita com o lateral Wellington Silva.

Com o tempo, o time da região serrana se arrumou e passou a ameaçar. Aos 14, Ronaldo chutou bem de fora e assustou Diego Cavalieri. O jogo ficou mais aberto com ataques sucessivos de cada lado. Aos 18, Cícero quase marcou seu segundo após resvalar de cabeça um cruzamento de Gustavo Scarpa. A bola passou perto da trave.

Apesar disso, o Friburguense passou a ter mais posse de bola e foi construindo suas chances no jogo. Aos 36, Após, depois de cobrança de escanteio, Rômulo cabeceou na trave e a bola sobrou para Bidu, livre dentro da pequena área. O volante encarnou o centroavante, tirou Cavalieri e empatou a partida. No final da primeira etapa, Ronaldo ainda quase virou o placar após tentar cruzar, a bola pegar efeito e desviar para o gol. Diego Cavalieri, de reflexo, espalmou para escanteio.

Na volta do intervalo, o Fluminense mostrou pressa para tentar ficar na frente do placar. Apesar do ímpeto, errou muitos passes e esbarrou na defesa do time serrano. A partida ficou feia. Aos 16, Marlon errou na saída de bola e Rômulo aproveitou. O atacante bateu rasteiro da direita de fora da área e a bola passou raspando da meta. Na sequência, o tricolor respondeu com um belo chute de Gustavo Scarpa, que passou perto mas foi para fora. Aos 27, Wellington Silva salvou o dia. Em lançamento, Emerson driblou Henrique e, livre dentro da área, foi desarmado no último segundo pelo lateral e bateu prensado. Aos 35, o veterano Magno Alves resvalou cruzamento de escanteio

O jogo se encaminhava para um fim insosso até que dois jogadores colocados por Marcão definiram seu destino aos 41 minutos. Osvaldo puxou contra-ataque muito rápido e invadiu a área, com dois companheiros livres. O atacante passou para Magno Alves, livre, que não titubeou e fez o gol da vitória do Fluminense.

FICHA TÉCNICA:

FRIBURGUENSE 1 X 2 FLUMINENSE

FRIBURGUENSE - Marcos; Ronaldo, Cadão (Zé Victor), Diego Guerra, Flavinho; Bidu, Vitinho, Jorge Luiz, Gleison; Bernardo (Emerson Carioca) e Rômulo (Ziquinha). Técnico - Gérson Andreotti.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Marlon, Giovanni; Pierre, Edson (Magno Alves), Cícero, Gustavo Scarpa (Osvaldo), Marcos Junior (Gerson); Diego Souza. Técnico - Marcão.

GOLS - Cícero, aos 2, e Bidu, aos 36 minutos do primeiro tempo; Magno Alves, aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Mauricio Machado C. Junior.

CARTÕES AMARELOS - Vitinho, Jorge Luiz (Friburguense); Henrique (Fluminense)

RENDA - R$ 115.360.

PÚBLICO - 3.824 pagantes (4.194 presentes).

LOCAL - Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo (RJ).