22°
Máx
16°
Min

Manchester City fatura a Copa da Liga em final com protagonismo de brasileiros

(Foto: Divulgação/AFP) - Manchester City fatura a Copa da Liga em final com protagonismo de brasileiros
(Foto: Divulgação/AFP)

Os brasileiros protagonizaram cenas de alegria e de tristeza na tarde deste domingo em Wembley, seja com os gols marcados no tempo normal ou os pênaltis desperdiçados na decisão. Após empate por 1 a 1, o Manchester City venceu o Liverpool nos pênaltis por 3 a 1 e garantiu o título da Copa da Liga Inglesa no lendário estádio londrino.

No tempo regulamentar, Fernandinho abriu o placar para o Manchester City e Philippe Coutinho deixou tudo igual. Na disputa de pênaltis, os dois não conseguiram converter, assim como Lucas Leiva. Grande destaque da decisão, o goleiro argentino Willy Caballero defendeu três penalidades.

O título serviu também para que o técnico chileno Manuel Pellegrini garantisse sua saída do Manchester City com um título. No ano que vem o time será treinado pelo espanhol Pep Guardiola, e a possibilidade de ser campeão inglês está cada vez mais distante. Além da taça levantada neste domingo, o treinador ainda conquistou um Inglês e uma Copa da Liga, ambos na temporada 2013/2014.

O JOGO - No primeiro tempo, as duas equipes pareciam se estudar mais antes de decidirem ir ao ataque. Com isso, após 45 minutos as estatísticas apontavam apenas uma finalização correta para cada lado. A principal delas aconteceu aos 23, quando Agüero deixou dois marcadores para trás e bateu no canto, mas Mignolet se esticou e mandou a bola para a trave, fazendo uma bela defesa.

A segunda etapa, no entanto, reservou grandes emoções. Logo aos cinco minutos, Fernandinho apareceu para mexer no placar. O brasileiro recebeu de Agüero na direita e bateu quase sem ângulo, por baixo do goleiro: 1 a 0.

Com a desvantagem no marcador, o Liverpool precisou se abrir e deu chances para que o City apostasse nos contra-ataques. O time azul quase ampliou aos 14, quando Sterling recebeu sozinho na grande área e chutou para fora em um incrível gol perdido.

Após o susto, o Liverpool conseguiu aumentar o volume de jogo e buscou o empate aos 37. Philippe Coutinho iniciou a jogada, viu Milner acertar a trave e pegou o rebote na marca do pênalti. O brasileiro bateu rasteiro e partiu para a comemoração junto aos torcedores, garantindo mais 30 minutos de decisão.

PRORROGAÇÃO - Na prorrogação, as equipes voltaram muito ligadas e proporcionaram um jogo de alta velocidade. No primeiro tempo, a principal chance partiu dos pés de Agüero, mas o atacante parou novamente nas mãos de Mignolet.

Se o Liverpool criou a grande oportunidade do primeiro tempo, foi o City que levou mais perigo no segundo. Origi recebeu cruzamento de Lucas Leiva, subiu mais alto que a zaga e cabeceou no chão, mas o goleiro Caballero buscou na ponta dos dedos e levou o jogo às penalidades.

PENALIDADES - Na disputa de pênaltis, Emre Can abriu a contagem com uma cavadinha e fez 1 a 0 para o Liverpool. Em seguida, Fernandinho chutou colocado na trave, confirmando a vantagem para o adversário.

No entanto, o Liverpool viu Lucas Leiva, Philippe Coutinho e Lallana pararem nas mãos do goleiro Caballero, enquanto Jesús Navas e Agüero converteram seus chutes. No quarto pênalti, Yaya Touré bateu firme no canto direito e assegurou o título para o Manchester City.