20°
Máx
14°
Min

Manchester City goleia Stoke com show de nigeriano e sobe para 3º no Inglês

Às vésperas de jogar pela primeira vez na sua história nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa, o Manchester City também vai fazendo a sua parte para garantir presença no torneio continental na próxima temporada. Neste sábado, o time assegurou sua permanência na zona de classificação para a competição ao golear o Stoke City por 4 a 0, em casa, pela 35ª rodada do Campeonato Inglês. O atacante nigeriano Kelechi Iheanacho foi o grande destaque da partida ao marcar dois gols e ainda sofrer um pênalti.

Com o triunfo, o Manchester City chegou aos 64 pontos e atingiu o terceiro lugar, ultrapassando o Arsenal, que só entrará em ação no domingo, quando vai visitar o Sunderland. Além disso, abriu cinco de vantagem para o quinto Manchester United, que jogará na próxima terça-feira contra o sexto West Ham, que soma 56. Já o Stoke City permanece com 47 pontos, na nona colocação.

O Manchester City abriu o placar da partida aos 36 minutos do primeiro tempo, com um gol de cabeça do volante brasileiro Fernando após cobrança de escanteio do espanhol Jesus Navas. Aos 44 minutos, o atacante argentino Sergio Agüero ampliou ao converter cobrança de pênalti sofrido por Iheanacho, derrubado na grande área por Ryan Shawcross. Assim, chegou aos 23 gols no Inglês, com apenas um a menos do que o artilheiro Harry Kane, do Tottenham.

Os outros dois gols da partida saíram na etapa final. O primeiro deles foi marcado por Iheanacho, completando um cruzamento rasteiro do lateral-direito argentino Pablo Zabaleta, após um rápido contra-ataque. E Iheanacho voltou a aparecer aos 32 minutos, quando foi lançado, driblou o goleiro Shay Given e finalizou pata as redes, definindo o placar de 4 a 0.

Agora, após cumprir bem o seu papel no Campeonato Inglês e ampliar a boa fase, com cinco vitórias e dois empates nos últimos sete jogos, o Manchester City volta de vez as suas atenções para a Liga dos Campeões, afinal, na próxima terça-feira vai receber o Real Madrid no jogo de ida das semifinais.