26°
Máx
19°
Min

Manchester City investe pesado e tira zagueiro da seleção inglesa do Everton

(Foto: Divulgação)  - Manchester City investe pesado e tira zagueiro da seleção inglesa
(Foto: Divulgação)

O Manchester City segue investindo pesado nas contratações. Nesta terça-feira, o clube inglês fechou o seu mais novo alto investimento ao anunciar que se reforçou com o zagueiro John Stones por uma valor estimado em 50 milhões de libras (aproximadamente R$ 206 milhões) com a intenção de melhorar o seu sistema defensivo.

Ao confirmar a contratação nesta terça-feira, o Manchester City explicou que assinou um acordo por seis anos com Stones. O zagueiro, que estava no Everton e fez parte do grupo da seleção da Inglaterra na Eurocopa de 2016 - ele foi reserva no torneio continental -, é o oitavo jogador contratado pelo clube desde a chegada do técnico Pep Guardiola.

Antes, o clube se reforçou com Ilkay Gundogan, Nolito, Aleksandar Zinchenko, Aaron Mooy, Leroy Sane, Gabriel Jesus, que permanecerá no Palmeiras até o final de 2016, e Marlos Moreno, que foi emprestado ao Deportivo La Coruña.

"Eu sei que será difícil conseguir um lugar nesta equipe, mas estou determinado a me tornar o melhor jogador que puder ser e para nos ajudar a ter sucesso", afirmou Stones.

O clube inglês investiu cerca de 60 milhões de libras (R$ 211 milhões, na cotação atual) nas contratações dos zagueiros Eliaquim Mangala e Nicolas Otamendi ao longo das últimas duas temporadas, mas ainda segue dependente do capitão Vincent Kompany, que sofre constantemente com lesões.

O Manchester City acabou sendo "atropelado" pela Uefa, pois o nome de Stones apareceu na lista de inscritos do clube inglês para os playoffs da Liga dos Campeões da Europa, que foi divulgada pela entidade horas antes da oficialização da contratação do zagueiro de 22 anos do Everton.