21°
Máx
17°
Min

Maxwell faz golaço, Ibrahimovic marca 2 e campeão PSG goleia no Francês

Mesmo com o título garantido há um mês e meio, o Paris Saint-Germain seguiu com sua rotina de vitórias tranquilas no Campeonato Francês nesta sexta-feira. Na abertura da 35.ª rodada, a equipe da capital contou com um golaço de Maxwell e outros dois de Ibrahimovic para passear diante do Rennes por 4 a 0, em casa.

O resultado levou o PSG a 89 pontos, com incríveis 30 de vantagem para o segundo colocado Lyon. Para se ter uma ideia da superioridade da equipe na competição, esta diferença é maior do que a do vice-líder para o primeiro time na zona de rebaixamento, o Reims, que tem 36 pontos.

É assim, em ritmo de treino, que o PSG toca este fim de Campeonato Francês, e no próximo dia 7 voltará a campo para encarar o Ajaccio, fora de casa. Já o Rennes perdeu a chance de entrar na zona de classificação para as competições europeias e parou nos 52 pontos, em sétimo. Semana que vem, viaja para pegar o Montpellier.

Justamente por não ter nenhuma ambição neste resto de competição, o Paris Saint-Germain foi pouco efetivo no primeiro tempo. Di María e Ibrahimovic até levaram perigo, mas foi só no segundo tempo que o time partiu para cima e garantiu a goleada.

Logo aos cinco minutos, Maxwell marcou um golaço. A linda jogada começou com passe de trivela de Ibrahimovic para Cavani, que ajeitou de peito para o lateral brasileiro. Ele dominou já tirando do primeiro marcador, colocou a bola entre as pernas de Gnagon e encheu o pé de direita no ângulo.

O gol desestabilizou a defesa do Rennes e o segundo saiu somente dois minutos depois. Di María deu lançamento perfeito para Ibrahimovic, que, em posição duvidosa, deu uma "voadora" na bola para marcar. O próprio sueco faria o terceiro aos 32, quando recebeu enfiada de Pastore, invadiu a área e encheu o pé.

Faltava o de Cavani. O uruguaio já havia acertado a trave, perdeu ótima chance aos 36, ao sair de frente para o goleiro e isolar, mas conseguiu deixar sua marca antes do apito final. Aos 45 minutos, ele tabelou com Verratti, invadiu a área e tirou do goleiro para selar o placar.