24°
Máx
17°
Min

Médico do Corinthians revela que zagueiro Yago caiu no antidoping e assume culpa

Como se não bastasse a doída eliminação nos pênaltis sofrida na noite deste sábado, contra o Audax, no Itaquerão, na semifinal do Paulistão, o Corinthians ganhou outro bom motivo para lamentar pouco depois do confronto, que terminou empatado por 2 a 2 no tempo normal. O chefe do departamento médico do clube, Joaquim Grava, confirmou que o zagueiro Yago confirmou que o zagueiro Yago caiu em exame antidoping realizado depois do clássico contra o Santos, disputado no dia 6 de março, na Vila Belmiro.

"Vim comunicar a vocês que durante a semana recebemos uma comunicação da Federação Paulista de Futebol, onde o atleta Yago, durante uma prova de exame antidoping, foi constatada medicamento (proibido) na urina. Estamos aguardando a contraprova", afirmou o médico corintiano, durante um pronunciamento no Itaquerão.

A substância encontrada no medicamento usado por Yago é a betametasona, um anti-inflamatório que serviu para tratar dores no joelho do jogador. "Foi no jogo contra o Santos. Esse medicamento foi ministrado na segunda ou terça que antecedeu ao jogo. Foi feito devido a uma inflamação no joelho. É um lubrificante para a inflamação", explicou Grava, que fez questão de assumir a culpa pela reprovação do atleta no exame antidoping.

"Dentro da legislação de controle o clube é isento, o atleta é isento. A responsabilidade é toda minha, já que sou responsável pelo departamento médico do Corinthians", enfatizou Grava, para também explicar que está "aguardado para o próximo dia 2 a contraprova do exame antidoping". "O medicamento é usado, dependendo da via que você utiliza. Existe jurisprudência. Temos de aguardar a contraprova. Não é nenhum medicamento que você utiliza de forma diária", disse.

Também presente ao pronunciamento feito por Grava, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, ainda revelou que o medicamento "prescrito pelo departamento médico do Corinthians consta na súmula do jogo" contra o Santos.

Caso a contraprova volte a confirmar doping, Yago será suspenso de forma preventiva até o julgamento do caso. O defensor foi titular do Corinthians no empate com o Audax neste sábado e na parte final do jogo foi substituído pelo atacante Luciano. Ele conseguiu ganhar a titularidade após a saída de Gil para o futebol chinês.