26°
Máx
19°
Min

Miranda prega conversa para adquirir entrosamento com Gil na seleção

O zagueiro Miranda é o homem de confiança de Dunga em campo. Prova disso é que o jogador participou dos 21 jogos desde que o treinador voltou ao comando da seleção brasileira, após a Copa do Mundo de 2014. Seus companheiros nem sempre foram os mesmos e na terça-feira, diante do Paraguai, em Assunção, o jogador terá outra vez um novo parceiro ao seu lado na defesa.

David Luiz, o outro titular da zaga, está suspenso e abrirá vaga para que Gil seja titular mais uma vez. Será a segunda partida do ex-jogador do Corinthians como titular nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 - a outra foi diante do Peru - e a terceira sob o comando de Dunga - também atuou diante do Japão em amistoso.

São apenas duas partidas com a parceria até o momento e Miranda sabe que o entrosamento não é o ideal. Por isso, aposta na conversa para conhecer melhor o estilo de Gil. "A gente tem pouco tempo de entrosamento, então procuramos conversar muito para facilitar. Funciona assim com toda a defesa", explicou o jogador da Inter de Milão nesta segunda-feira.

Com a entrada de Gil, Miranda deverá mudar um pouco sua maneira de atuar. Se acostumou-se a jogar pelo lado direito no Atlético de Madrid, na Inter de Milão e na própria seleção brasileira, uma vez que David Luiz costuma jogar pela esquerda, o zagueiro terá que se deslocar para o outro lado. Nada que assuste o atleta.

"Não tenho dificuldade na esquerda. Joguei por cinco anos no São Paulo pelo lado esquerdo, tenho facilidade de jogar pelos dois lados. Só quero ajudar a seleção brasileira, independente do lado, e fazer o melhor para buscar a vitória", afirmou.

Miranda sabe da importância de uma vitória no Paraguai, depois do decepcionante empate no Recife contra o Uruguai, sexta-feira passada, que deixou o Brasil na terceira posição das Eliminatórias, com oito pontos. "Acho que jogador de seleção brasileira tem que estar acostumado com pressão. Temos a obrigação de vencer. Vamos ao Paraguai em busca da vitória."