26°
Máx
19°
Min

Na despedida de Guardiola, Bayern é campeão da Copa da Alemanha contra o Dortmund

Com direito a sofrimento até o final da disputa de pênaltis, o Bayern de Munique conquistou o título da Copa da Alemanha neste sábado ao superar o Borussia Dortmund na marca da cal, após empate por 0 a 0 no tempo regulamentar e na prorrogação. Assim, o espanhol Pep Guardiola dá adeus ao time bávaro com um título, seu sétimo em três temporadas.

A "Era Guardiola" teve fim com o brasileiro Douglas Costa convertendo a quinta penalidade e fechando a decisão em 4 a 3. Na comemoração, o técnico que está de saída para o Manchester City não segurou as lágrimas. Ao fim de três anos no comando do Bayern, o treinador conquistou o tricampeonato alemão, duas Copas da Alemanha, um Mundial de Clubes e uma Supercopa da Europa.

A partida deste sábado ficou marcada pela já conhecida posse de bola do Bayern de Munique, mas o Borussia Dortmund soube segurar a pressão, e também criou algumas chances de gol já no final do segundo tempo e na prorrogação. Durante o jogo, Thomas Müller e Marco Reus comandaram os dois times em busca da vitória, mas não conseguiram balançar as redes.

A principal chance do jogo aconteceu aos 39 minutos da segunda etapa, quando Aubameyang recebeu cruzamento da direita e, livre, bateu de primeira por cima do travessão da meta defendida por Neuer. O gol perdido levou a partida ao tempo extra e quase o Bayern garantiu a vitória, mas foi a vez de Lewandowski desperdiçar uma chance. O polonês avançou sozinho até a grande área e chutou, mas o lateral Durm apareceu de carrinho para salvar.

Na disputa de pênaltis, antes de Douglas Costa, Vidal, Thomas Muller e Lewandowski haviam convertido para o Bayern, enquanto Kimmich bateu em cima do goleiro adversário. Pelo Dortmund, Kagawa, Aubameyang e Reus balançaram as redes, enquanto Sven Bender e Papastathopoulos desperdiçaram as cobranças. Assim, diante de quase 75 mil torcedores no Estádio Olímpico de Berlim, o Bayern conquistou seu 18.º título da Copa da Alemanha.