27°
Máx
13°
Min

Na estreia de Oswaldo de Oliveira, Corinthians bate lanterna América-MG por 2 a 0

Na estreia de Oswaldo de Oliveira, Corinthians bate lanterna América

O técnico Oswaldo de Oliveira não deu sopa para o azar. Em sua estreia no comando do Corinthians, neste domingo, a equipe jogou para o gasto, mas soube se impor diante do fraco América-MG e venceu por 2 a 0, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com gols do atacante paraguaio Romero e do meia Rodriguinho.

Após ter a sua contratação bastante contestada entre conselheiros, diretores e torcida, era fundamental que Oswaldo de Oliveira começasse a sua trajetória no Corinthians com uma vitória, ainda mais pelo fato de o adversário deste domingo ser o lanterna do Brasileirão e estar quase rebaixado à Série B.

A fragilidade do adversário e o pouco tempo de trabalho de Oswaldo de Oliveira no clube (o treinador chegou na última sexta-feira) dificultam projeções sobre o futuro do Corinthians no Brasileirão e na Copa do Brasil. Mas a esperança de classificação para a próxima Copa Libertadores continua viva e a equipe colou de vez no G6, com 48 pontos.

A chegada do novo treinador também pode significar o "renascimento" de alguns jogadores. É o caso de Romero, que abriu caminho para a vitória. O paraguaio chegou aos 16 marcados no Itaquerão e se isolou como maior artilheiro do estádio, deixando o peruano Guerrero para trás.

Outro jogador que esteve bem e pode ser protagonista com Oswaldo de Oliveira é Guilherme. Com liberdade, ele circulou por todos os setores do ataque e deu passes precisos para os dois gols da equipe, ambos marcados ainda no primeiro tempo.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 0 AMÉRICA-MG

CORINTHIANS - Walter; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Willians, Giovanni Augusto (Marciel), Rodriguinho, Marlone (Rildo) e Guilherme (Lucca); Romero. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Jonas, Éder Lima, Messias e Gilson (Sávio); Juninho (Christian Sávio), Leandro Guerreiro, Ernandes, Tony e Osman; Nixon (Christian Sávio). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Romero, aos 16, e Rodriguinho, aos 38 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Giovanni Augusto e Pedro Henrique (Corinthians); Tony (América-MG).

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA).

RENDA - R$ 1.285.708,00.

PÚBLICO - 25.741 pagantes.

LOCAL - Estádio Itaquerão, em São Paulo (SP).