22°
Máx
16°
Min

Neymar promete fazer tatuagem se faturar o ouro no Rio

(Foto: Divulgação) - Neymar promete fazer tatuagem se faturar o ouro no Rio
(Foto: Divulgação)

Medalha olímpica Neymar já tem. Mas a prata conquistada em Londres, quatro anos atrás, está longe de ser suficiente para o craque do Barcelona. No Rio-2016, ele quer o ouro, que se vier terá um componente extra: será conquistado no Maracanã, palco da final do futebol masculino. E se conseguir colocar o ouro no peito, ele promete comemorar fazendo uma nova tatuagem no corpo.

Neymar falou de suas ambições olímpicas em entrevista ao site da CBF. Lembrou da final da Copa das Confederações de 2013, quando foi um dos protagonistas da vitória por 3 a 0 sobre a Espanha no Maracanã, e espera voltar a brilhar no estádio.

"Do Maracanã eu tenho a lembrança da Copa das Confederações. A gente vinha de um momento, não de dúvidas, mas de questionamentos. E, no momento certo, a gente conseguiu vencer a Copa das Confederações e fazer história no Maracanã", recordou. "Então, tenho sim uma história ali, um jogo importante, e me consagrei com um gol. Espero que eu possa voltar ao Maracanã e fazer um gol da vitória, ajudar com um passe, quem sabe... De qualquer jeito, que a gente seja campeão!"

Se o ouro vier, Neymar vai fazer mais uma tatuagem para marcar a conquista. Ele combinou isso com Rafinha Alcântara, seu companheiro de Barcelona e que deu a ideia. "Tenho muitas, mais de 30 e poucas, 35... Por aí! Talvez eu venha a marcar, sim (a tatuagem)! Já tinha combinado até com o Rafinha. Ele teve a ideia, falou: 'Se formos campeões, vamos fazer?'" Neymar, porém, ainda não sabe o que irá tatuar. Prefere ganhar primeiro e pensar nisso depois.

Jogador de grande técnica e com futebol caracterizado pelo drible, ele não nega que vá utilizar bastante o recurso, mas diz que fará isso pensando também no aspecto coletivo. "É o que eu procuro, estar criando espaço para servir os meus companheiros."

Para o craque, a qualidade e a versatilidade do grupo convocado pelo técnico Rogerio Micale ajudam a aumentar a confiança em uma Olimpíada bem-sucedida. "Temos um grupo muito forte, jogadores de muita qualidade, que podem fazer outras funções também... São 18 atletas só e, em momentos da competição, será preciso improvisar, utilizar um jogador em outra posição... Isso aí já é com o nosso treinador, mas sabemos da nossa qualidade, o time tem muito a evoluir."