23°
Máx
12°
Min

No Palmeiras, Cuca pede maturidade na reta final do Campeonato Brasileiro

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo nesta segunda-feira, quando enfrenta o Santa Cruz, no Recife, para defender a liderança na tabela de classificação. Faltando 11 rodadas para o fim do torneio, o técnico Cuca sabe que o time alviverde precisa de muita maturidade para levantar a taça depois de 22 anos, principalmente pela qualidade de seus concorrentes.

"É só não criar uma ansiedade exagerada. Temos de jogar com naturalidade, o nosso segundo turno tem sido melhor que o primeiro. As coisas não virão antes do tempo, só virão no dia 4 de dezembro, e isso vale para todos (os times). Antes disso não chegará nada", comentou o treinador. "Claro que pode chegar, ser rebaixado antecipadamente, ser campeão antecipadamente... Mas a gente imagina que será assim até o fim da disputa".

Cuca reforçou a importância de o Palmeiras somar pontos, independentemente se for com boas ou más apresentações. Ele está certo. O time agora tem um objetivo: ser campeão. "Tem momento que não precisa dar espetáculo. O mais importante de tudo, agora, é ganhar porque a história não dirá que o Palmeiras foi campeão jogando bonito, falará apenas que o Palmeiras foi campeão", disse o palestrino, que detalhou a reunião que teve com os atletas palmeirenses antes do treino de sexta-feira.

O momento decisivo para o Palmeiras conta com um reforço importante fora das quatro linhas: o goleiro Fernando Prass, que se recupera de cirurgia no cotovelo e deverá retornar aos campos somente em 2017. O camisa 1 viajou com a delegação para Porto Alegre, onde o time enfrentou o Grêmio, no jogo de ida pelas quartas de final da Copa do Brasil, e tem acompanhado de perto a campanha depois de sua contusão.

"Ele é um líder e o Palmeiras tem um time jovem. A maioria dos jogadores é jovem, até os titulares. Eles precisam de pessoas que tenham mais experiência por perto. Hoje (sexta-feira) mesmo, dentro da conversa no vestiário, estávamos falando do Brasileiro e vendo quantos de nós já havia sido campeões, e somos poucos. E aí a vontade de ser campeão aumenta, isso é trabalho. Iremos ao nosso limite para ser campeão", disse Cuca.

ELEIÇÕES - Com só uma chapa inscrita, a eleição que definirá o novo presidente do clube pelos próximos dois anos já tem data marcada: 26 de novembro (a posse do futuro mandatário será dia 15 de dezembro). Vice-presidente na gestão Paulo Nobre, Maurício Precivalle Galiotte será candidato único, acompanhado de seus vices Genaro Marino Neto, Antonino Jesse Ribeiro, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli - os três primeiros também fazem parte do atual comando do Palmeiras.