27°
Máx
13°
Min

Nobre nega demora em mudanças no Palmeiras: 'Analisar no videotape é fácil'

Foto: site oficial do Palmeiras - Nobre nega demora em mudanças no Palmeiras: 'Analisar no videotape é fácil'
Foto: site oficial do Palmeiras

Após a eliminação do Palmeiras na Copa Libertadores, o presidente Paulo Nobre resolveu dar entrevista e assumiu a culpa pelo fracasso da equipe na competição continental. Entretanto, o dirigente nega que tenha demorado para demitir o técnico Marcelo Oliveira, algo que muitos torcedores e jornalistas creditam como fundamental para a equipe ter perdidos preciosos pontos na disputa por uma das duas vagas do grupo.

"Não adianta ficar analisando o que poderia ter acontecido antes ou não. Essa diretoria sempre toma as atitudes que acha que é o certo naquele momento. Ficar analisando videotape é muito fácil. Estou chateado, como todos os palmeirenses, com essa saída precoce da Libertadores. Porém, estou animado e vendo que o Palmeiras está pegando corpo e mostra organização diferente em campo", disse o dirigente, ainda nos vestiários do estádio Allianz Parque.

Nobre ainda preferiu assumiu a culpa sozinho pelo fracasso na Libertadores. "Não quero dividir isso com a diretoria. A culpa sempre é do mandatário, do presidente. Quando as coisas dão certo, você tem que dividir os méritos porque todos trabalharam pelo sucesso. Quando as coisas dão erradas, o presidente tem que assumir a responsabilidade total, afinal, ele é quem dita o ritmo da banda", comparou.

Apesar das lamentações, Nobre mostra otimismo com o futuro da equipe. "A desclassificação, como um todo, me deixa chateado. Mas podemos também ver o seguinte: o time do Palmeiras está ficando mais robusto, se organizando e tenho certeza absoluta de que o ano de 2016 pode ser tão feliz como 2015", projetou, lembrando o título da Copa do Brasil no ano passado.

O Palmeiras não terá muito tempo para lamentações, já que nesta segunda-feira enfrenta o São Bernardo, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. "Temos um jogo muito difícil. O foco precisa estar neste jogo e não adianta ficar tentando prever o futuro. É sempre o próximo jogo o mais importante e tenho certeza que o Palmeiras será muito competitivo na segunda-feira. Sendo assim, teremos grandes chances de ir à semifinal", analisou o mandatário alviverde.