26°
Máx
19°
Min

Novas lesões preocupam e Marcelo faz mistério sobre escalação do Atlético-MG

Não bastasse o grande número de desfalques já confirmados, o técnico Marcelo Oliveira ganhou nesta sexta-feira novas preocupações para escalar o Atlético-MG. O zagueiro Ronaldo, o volante Leandro Donizete e o lateral Carlos César sentiram problemas musculares e se tornaram dúvidas para o duelo diante do Vitória na próxima quarta, no Independência pelo Campeonato Brasileiro. Diante de tantas incógnitas, o treinador fez mistério.

"Estamos aguardando o Donizete, com dores musculares, o Carlos César e o próprio Ronaldo. Esperamos que eles possam treinar até no domingo e a gente armar um time já estruturado para quarta-feira. É importantíssimo esse resultado, na mesma proporção em que é difícil, como são todos os jogos do Campeonato Brasileiro", disse.

Até pelo tempo de recuperação para a partida, Marcelo mantém a confiança de contar com os três jogadores na semana que vem. Os desfalques, portanto, continuam sendo Victor, Erazo, Marcos Rocha, Luan, Cazares e Patric, lesionados, Lucas Pratto e Rafael Carioca, nas suas respectivas seleções, e Leonardo Silva, suspenso. Para a vaga do zagueiro, segue a dúvida entre Edcarlos e Gabriel.

"Seria o Edcarlos ou o Gabriel, é isso que a gente vai trabalhar. Acho que ambos podem cumprir bem essa função. O Edcarlos está há um tempo maior sem jogar, mas é muito experiente e posiciona bem. E o Gabriel é jovem, com vigor e vem treinando normalmente. Vamos definir isso até na segunda ou terça-feira", afirmou o treinador.

Certeza mesmo é a presença de Robinho. O atacante vive grande fase aos 32 anos e chegou à artilharia do Brasileirão com 10 gols, ao lado de Gabriel Jesus. Mas por mais que comemore o bom momento e a fase de matador, o jogador garante que está apenas mirando o título da competição.

"Claro que meu objetivo maior é sempre ser campeão com a camisa do Galo. Então, sempre entro em campo para ajudar meus companheiros. Trabalho muito duro, muito forte e estou muito feliz pelo meu momento, mas quero mais. Só termina em dezembro, então, não estou acomodado com a situação que estou vivendo, quero buscar mais, procurar fazer mais gols e buscar o objetivo maior, que é ser campeão", declarou.