21°
Máx
17°
Min

Novato volta a brilhar com dois gols e Manchester United vence o Arsenal

(Foto: Divulgação)  - Novato volta a brilhar com dois gols e Manchester United vence o Arsenal
(Foto: Divulgação)

Um dos clubes mais ricos do mundo, o Manchester United investiu pesado em contratações nas últimas temporadas. Mas pode vir da base a salvação para o clube de maior torcida da Inglaterra. Estrela o jovem Marcus Rashford tem. Em sua segunda partida na carreira profissional, ele foi escalado como titular no clássico contra o Arsenal, em Old Trafford, marcou dois gols e abriu o caminho para uma vitória por 3 a 2.

Rashford, artilheiro do Manchester United nos juniores, estreou às pressas na quinta-feira, pela Liga Europa. O francês Martial seria escalado como titular, mas se contundiu no aquecimento. O garoto de 18 anos entrou no time e fez os gols da vida do Manchester, que no fim acabou goleando o Midtjylland por 5 a 1.

Louis van Gaal gostou e escalou Rashford como titular no clássico, fazendo dele o mais jovem jogador a começar jogando uma partida pelo Manchester United na história da Premier League - como é chamado o Campeonato Inglês desde a temporada 1994/95.

Não conta, portanto, a chamada "geração 1992", formada por Ryan Giggs, David Beckham, Gary Neville, Phil Neville e Paul Scholes, que estrearam juntos em 1992 e deram 13 títulos ingleses ao Manchester. Agora o clube confia na "geração 2016", que também tem Borthwick-Jackson, Jesse Lingard, Paddy McNair e James Wilson, todos já com atuações pela equipe profissional.

A estrela maior, claro, já é Rashford. Ele abriu o placar aos 29 minutos pegando um rebote na área após cruzamento da direita. Três minutos depois, em jogada pelo mesmo lado do campo, Lingard levantou e Rashford fez de cabeça.

O Arsenal descontou ainda no primeiro tempo, com Welbeck, mas o Manchester United voltou à frente em mais uma jogada de Rashford. O garoto carregou a bola pela direita, invadiu a área, não recebeu o bote de Gabriel Paulista e rolou para Ander Herrera. De fora da área, espanhol bateu de chapa, no ângulo.

Precisando da vitória para seguir na caça ao Leicester City, o Arsenal se lançou ao ataque e descontou com Özil, num belo voleio que bateu no chão e subiu para o ângulo. A equipe londrina ainda pressionou até o restante do jogo, mas conseguiu sequer o empate.

A vitória levou o Manchester United a 44 pontos, em quinto. Estacionado nos 51, o Arsenal agora está cinco atrás do líder Leicester City, a quem venceu na rodada passada. Entre os dois está o Tottenham, que foi a 54 pontos após vencer o Swansea City, também neste domingo, por 2 a 1, de virada, em Londres.

A equipe galesa, que briga contra o rebaixamento, abriu o placar com Paloschi. Só aos 25 do segundo tempo é que o Tottenham empatou, com Chadli. Danny Rose virou aos 32 para fazer o Tottenham alcançar a sexta vitória seguida.