26°
Máx
19°
Min

Palmeiras decepciona e perde para a Ponte com 2 gols de Felipe Azevedo

(Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação) - Palmeiras decepciona e perde para a Ponte com 2 gols de Felipe Azevedo
(Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

A boa impressão deixada pelo Palmeiras na estreia no Campeonato Brasileiro foi desfeita neste sábado, com a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, em Campinas, pela segunda rodada. O time que na semana passada goleou o Atlético-PR jogou mal e exagerou nos erros, sobretudo no setor defensivo.

A derrota no Moisés Lucarelli freia as expectativas criadas em torno do time de Cuca. A equipe repetiu falhas apresentadas nas eliminações no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores e sofreu diante de um adversário que mostrou bom posicionamento tático e intensa movimentação no ataque, mas esteve longe de apresentar um futebol vistoso.

Eficiente, a Ponte soube aproveitar os erros do Palmeiras. Como aos 23 minutos do primeiro, quando abriu o placar com Felipe Azevedo. Após cobrança de falta de Ravanelli pela direita, a defesa palmeirense vacilou e deixou Felipe Azevedo sozinho. O atacante desviou de cabeça no canto esquerdo para colocar a equipe campineira em vantagem.

O Palmeiras chegou a esboçar reação, aos 28 minutos, em bom chute de Roger Guedes defendido em grande estilo por João Carlos, mas na sequência voltou a falhar na defesa e permitiu que a Ponte Preta fizessem 2 a 0.

Aos 32 minutos, Reinaldo escapou nas costas de Jean e cruzou rasteiro. A bola atravessou toda a área até chegar aos pés de Felipe Azevedo, que ganhou de Egídio na corrida e empurrou para o fundo da rede.

Mesmo com dois gols de vantagem, a Ponte Preta não se fechou na defesa para segurar o resultado. A equipe buscava controlar a posse de bola no meio de campo para não dar muitos espaços ao Palmeiras.

No intervalo, Cuca resolveu lançar o time ao ataque e fez duas alterações: Dudu entrou no lugar de Matheus Sales e Rafael Marques substituiu Alecsandro. O treinador aumentou o contingente no ataque, mas faltava poder de criação no meio de campo. A bola não chegava aos homens de frente.

A Ponte, em contrapartida, continuava pragmática. A equipe não se arriscava tanto ao ataque, mas ao mesmo tempo também não limitava-se apenas a marcar. Assim, a equipe deixava o tempo correr, para desespero dos palmeirenses.

Na base da pressão, o Palmeiras chegou ao gol só aos 45. Após chute forte de Dudu, o goleiro rebateu e Moisés completou para o gol. O juiz ainda deu cinco minutos de acréscimo, mas o Palmeiras não teve força e competência para empatar.

Derrotado, o Palmeiras volta a jogar pelo Brasileiro na próxima quarta-feira, quando receberá o Fluminense no Allianz Parque. Já a Ponte Preta, agora com quatro pontos, vai visitar o Corinthians no dia seguinte, no Itaquerão.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 2 x 1 PALMEIRAS

PONTE PRETA - João Carlos; Jeferson, Douglas Grolli, Kadu, Reinaldo; Matheus Jesus (Thiago Alves), João Vitor, Ravanelli (Cristian); Clayson (Thiago Galhardo), Wellington Paulista, Felipe Azevedo. Técnico: Eduardo Baptista

PALMEIRAS - Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo, Egídio; Matheus Sales (Dudu), Jean, Cleiton Xavier; Róger Guedes (Moisés), Gabriel Jesus, Alecsandro (Rafael Marques). Técnico: Cuca

GOLS - Felipe Azevedo, aos 23 e aos 32 minutos do primeiro tempo; Moisés, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO Leandro Pedro Vuaden (RS)

CARTÕES AMARELOS - Wellington Paulista e Thiago Galhardo (Ponte Preta); Matheus Sales, Tchê Tchê e Thiago Martins e Gabriel Jesus (Palmeiras).

RENDA - R$ 233.200,00.

PÚBLICO - 7.061 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).