22°
Máx
14°
Min

Palmeiras encara clássico com São Paulo como revanche do 1º turno, diz Tchê Tchê

A derrota para o São Paulo no primeiro turno do Campeonato Brasileiro virou modelo para o Palmeiras corrigir erros e tentar vencer o rival nesta quarta-feira, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Brasileirão. O volante Tchê Tchê contou nesta terça-feira que a partida no Morumbi, vencida pelo time da casa por 1 a 0, se transformou peça de análise no elenco para conseguir um resultado melhor no próximo clássico.

Para o jogador, o problema daquela ocasião foi ter desperdiçado chances de marca em finalizações. "Não só esse jogo, mas em outros também acabamos criando no início da partida, não concluímos e depois sofremos um gol. Não foi só contra o São Paulo. Estávamos tendo um pouco de dificuldade no início do campeonato", comentou o volante.

Naquela partida no Morumbi, realizada ainda no começo do campeonato, o Palmeiras ainda tentava se firmar como líder. A situação atual é mais estável, com cinco rodadas de invencibilidade e o melhor ataque da competição, com 40 gols marcados. O time vai jogar no Allianz Parque, com 38 mil ingressos já vendidos, e onde derrotou o São Paulo por duas vezes no ano passado.

O técnico Cuca definiu a escalação em treino fechado na tarde desta terça-feira. A principal dúvida é se o meia Moisés está recuperado de lesão no tornozelo e poderá atuar. O clube tenta contar com Gabriel Jesus, atacante que está em Manaus para jogo da seleção brasileira e retornará a São Paulo em um jatinho. A presença dele depende principalmente da avaliação das condições físicas do jogador.

Tchê Tchê torce para que o plano dê certo e afirmou que a vitória é fundamental para manter um bom ambiente no elenco, que tenta levar o clube ao título brasileiro depois de 22 anos. "Uma vitória vai fazer muito bem, o ambiente vai continuar bom, vamos continuar na liderança. Com uma derrota, as críticas vão vir, os adversários vão encostar mais. Temos de ficar focados para manter um bom rendimento", comentou.

O provável Palmeiras deve ser escalado no clássico com: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier; Erik, Dudu e Rafael Marques.