21°
Máx
17°
Min

Palmeiras joga mal e perde na Paraíba, mas avança às quartas na Copa do Brasil

(Foto: Divulgação/Carlos Ezequiel/Estadão) - Palmeiras joga mal e perde na Paraíba, mas avança às quartas
(Foto: Divulgação/Carlos Ezequiel/Estadão)

Vagner; Fabiano, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Gabriel, Arouca, Allione e Cleiton Xavier; Rafael Marques e Lucas Barrios. Foi assim que o Palmeiras entrou em campo, nesta quarta-feira, para enfrentar o Botafogo-PB, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O time misto escalado pelo técnico Cuca traz nomes que poderiam ser titulares em outras equipes do País. Prova de força do elenco montado para o segundo semestre da temporada, que lidera o Campeonato Brasileiro e que se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil. Porém, o time fez péssimo jogo perdeu para os paraibanos por 1 a 0.

Após vencer a partida de ida por 3 a 0, em São Paulo, seria mesmo improvável que o Palmeiras saísse do estádio Almeidão sem a classificação. A partida começou com o time alviverde tocando bem a bola. A primeira boa chance de gol saiu aos sete minutos. Rafael Marques recebeu na entrada da área, girou o corpo e bateu firme, de primeira, no canto direito de Michel Alves. O goleiro da equipe paraibana se esticou e conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

O técnico do Botafogo-PB, Itamar Schülle, havia afirmado antes do jogo que sua equipe já estava mais concentrada nas quartas de final da Série C - os paraibanos decidem uma vaga na Série B do ano que vem em dois jogos contra o Boa-MG. O primeiro jogo será no próximo dia 30, em João Pessoa. Por isso, decidiu poupar alguns de seus principais jogadores.

Mesmo assim, um velho conhecido da torcida palmeirense apareceu - Warley, que jogou no Palmeiras em 2005 e 2006. Aos 9 minutos, Edu Dracena deixou a bola passar e o atacante bateu firme, mas a bola passou à esquerda. Um minuto depois, chutou forte e o goleiro Vagner precisou espalmar para escanteio.

Repleta de jogadores com pouco entrosamento, a partida seguia em ritmo lento, com muita marcação e pouca criatividade. Aos 21 minutos, o argentino Allione tocou para Zé Roberto, que se livrou da marcação e deixou a bola para Lucas Barrios. O paraguaio girou e bateu forte, mas a bola raspou a trave esquerda do goleiro Michel Alves.

Dois minutos depois foi a vez do Botafogo-PB aparecer com perigo. Marcinho deu um lençol em Gabriel e bateu firme da entrada da área, mas a bola passou por cima do travessão.

Na segunda etapa, Cuca aproveitou para fazer alterações e tentar dar mais ritmo de jogo ao time. Entraram o volante Mateus Sales, o atacante Alecsandro, que voltou após se livrar da suspensão por conta de um falso doping, e o meia Vitinho. Mas, mesmo assim, o Palmeiras tinha dificuldades na articulação e quase não chegou ao gol adversário.

O Botafogo-PB, que também levava o jogo em banho-maria, chegou ao gol da vitória aos 30 minutos. Após cruzamento de Gustavo pela direita, Carlinhos bateu de primeira, a bola desviou em Marcinho e morreu no fundo da rede. Depois disso, os paraibanos até esboçaram uma pressão, mas o Palmeiras deixou o tempo correr e, mesmo perdendo, se garantiu na próxima fase.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-PB 1 x 0 PALMEIRAS

BOTAFOGO-PB - Michel Alves; Gustavo, Plínio, Marcelo Xavier e David Luis; Djavan, Sapé (Henik), Pedro Castro e Marcinho; Carlinhos e Warley (Danielzinho). Técnico: Itamar Schülle.

PALMEIRAS - Vagner; Fabiano, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Gabriel (Matheus Sales), Arouca, Allione e Cleiton Xavier (Vitinho); Rafael Marques e Lucas Barrios (Alecsandro). Técnico: Cuca.

GOL - Carlinhos, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Sapé (Botafogo-PB); Gabriel, Matheus Sales e Vitinho (Palmeiras).

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB).