22°
Máx
17°
Min

Palmeiras sonda goleiro do Oeste e dirigente acha difícil segurá-lo

Embora Jailson tenha sido um dos destaques na vitória por 2 a 1 do Palmeiras sobre o Vitória, no domingo, a diretoria continua atrás de um goleiro para o lugar de Fernando Prass. Recentemente, pessoas ligadas ao clube entraram em contato com o Oeste para saber mais informações sobre Felipe Alves, de 28 anos. Cidão, vice-presidente financeiro do time interiorano, admite a sondagem, mas nega uma proposta oficial.

"Ainda não chegou nada oficial, mas a gente sabe que quando vem time grande, é difícil segurar. Até o momento, vi algumas coisas pela imprensa e tem algumas conversas, mas de oficial, não chegou nada", disse o dirigente, em entrevista à reportagem do jornal O Estado de S.Paulo.

Cidão torce para que a proposta não seja oficializada. "Hoje, o Felipe é indispensável no time. No esquema do Fernando Diniz (técnico), ele é fundamental", disse o dirigente. Curiosamente, o reserva de Felipe Alves é Fábio, goleiro emprestado pelo Palmeiras.

O dirigente ainda brincou sobre a possibilidade do negócio ser concretizado. "O Jailson foi muito bem contra o Vitória, né? Ele passou aqui no Oeste também. Se o Felipe Alves for, seriam dois goleiros do Oeste no Palmeiras", lembrou. Felipe Alves tinha contrato até o fim do Paulistão e foi prorrogado até o término da Série B do Brasileiro.

Prass passou por cirurgia no cotovelo direito e só volta aos gramados no ano que vem. O técnico Cuca escalou Vagner e após falhas contra Botafogo e Chapecoense, o goleiro perdeu a vaga para Jailson, titular diante do Vitória.