26°
Máx
19°
Min

Paraná abre 4 a 0, passa sufoco no fim, mas vence o CRB na Vila

Paraná Clube, enfim, respirou na Série B do Campeonato Brasileiro. Vindo de cinco derrotas seguidas, o time paranista entrou em campo na noite deste sábado (8) pressionado para acabar com a péssima fase vivida na competição. Jogando em casa, na Vila Capanema, em Curitiba, o Tricolor abriu 4 a 0 e com um jogador a mais, viu o CRB diminuir para 4 a 3, mas Nadson marcou o quinto, encerrando um jejum de vitórias que já durava quase um mês.

Com o resultado, o Paraná chegou aos 36 pontos, continuando na 15ª posição, mas agora abriu nove 9 pontos de vantagem sobre o primeiro time na zona de rebaixamento, o Bragantino, com 27.

Susto no primeiro minuto, mas tranquilidade depois

Antes do primeiro minuto de jogo, o CRB teve uma boa chance de abrir o placar. Após cruzamento da direita, Pitty bateu a bola para trás e Marcos salvou o time paranista.

O susto fez o Paraná acordar em campo e dominar as ações, mas só chegou bem aos 28 minutos. Murilo Rangel bateu forte de fora da área e Juliano se esticou para mandar a bola para escanteio. Logo na cobrança o Tricolor abriu o placar. Nadson cruzou pelo lado direito e Alisson subiu mais do que a marcação para cabecear e abrir o placar.

Com o gol o Tricolor cresceu em campo. Aos 31 minutos, após nova cobrança de escanteio, Pitty cabeceou, mas o zagueiro Daniel tirou a bola na linha do gol.

Antes do final da primeira etapa, o Paraná deslanchou. Aos 43 minutos, Nadson cobrou falta do lado direito e Wellington Reis apareceu na marca do pênalti para desviar com o pé direito e marcar o segundo.

Dois minutos depois, aos 45, Fernando Karanga puxou o contra-ataque e deu belo passe para Diego Tavares, dentro da área, bater forte e garantir o terceiro gol Tricolor antes do intervalo. 3 a 0.

Fernandes marca o quarto, CRB marca três vezes, mas Nadson decreta a vitória

No segundo tempo o CRB tentou pressionar no início, mas a zaga paranista, bem postada, conseguia anular as chegadas do time visitante. O goleiro Marcos pouco preciso fazer durante todo o jogo.

Se a situação não exigia mais nada do Paraná, aos 29 minutos as coisas ficaram ainda mais facilitadas. Flávio Boaventura, ex-jogador paranista, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

Aos 31 minutos, Nadson aproveitou a sobra de bola pela direita e tocou para Fernandes. O volante chutou de primeira, no canto, para marcar o quarto gol paranista no jogo.

O jogo ainda teria mais gols, mas do lado do CRB. Aos 36 minutos, após cruzamento de escanteio da direita, Zé Carlos bateu de primeira para marcar o primeiro dele e do CRB.

Dois minutos depois, após novo cobrança de falta, Pitty cortou mal e Zé Carlos aproveitou para marcar o segundo dele no jogo.

O Paraná pareceu amolecer e ainda viu o CRB marcar mais um. Aos 42 minutos, após cobrança de falta da esquerda, o goleiro Marcos saiu mal do gol e Adalberto marca o terceiro.

 Aos 48 minutos, Yan Philippe tentou cruzar na área e a bola bateu no braço do zagueiro alagoano. Na cobrança, Nadson chutou deslocando o goleiro e marcou o quinto, decretando a vitória Tricolor, após o susto.