22°
Máx
17°
Min

Paraná demite Claudinei Oliveira e Beto Amorin; Vavá é afastado do futebol

(Foto: Divulgação/Paraná Clube) - Paraná demite Claudinei Oliveira e Beto Amorin; Vavá é afastado do futebol
(Foto: Divulgação/Paraná Clube)

A goleada histórica sofrida para o Náutico no último sábado (11) fez com que a diretoria do Paraná anunciasse medidas radicais nesta segunda-feira (13). De uma só vez, técnico e gerente de futebol foram demitidos e o superintendente afastado do clube.

O anúncio foi feito pelo presidente Leonardo de Oliveira, em uma nota oficial publicada no site do Tricolor. Segundo ele, nos próximos dias será anunciado um novo executivo de futebol, que vai ser o responsável por definir o novo comandante do Paraná.

O clube agradeceu o técnico Claudinei Oliveira e o gerente de futebol Beto Amorin pelo trabalho exercido, garantindo que os dois saem com as portas abertas. Além disso, o presidente informou que Durval Lara Ribeiro, o Vavá, irá “se afastar do dia a dia do departamento de futebol profissional”.

“As medidas, aqui anunciadas, visam oxigenar o nosso departamento de futebol e assegurar uma retomada nos resultados que a torcida espera e merece”, afirmou o presidente. Segundo ele, o novo executivo do futebol será apresentado na próxima quinta-feira (16). O novo técnico só deve ser anunciado na sequência.

Com a demissão de Claudinei Oliveira, o técnico interino Fernando Miguel vai comandar a equipe paranista nesta terça-feira (14), diante do Goiás, na Vila Capanema, às 19h15, pela 9ª rodada da Série B.

Confira a nota na íntegra:

O desempenho do nosso time neste Campeonato Brasileiro 2016 – 13º colocado, após oito rodadas – está muito aquém do esperado pela diretoria e pela torcida do Paraná Clube. Diante deste cenário, decidimos por uma alteração direta e efetiva no nosso departamento de futebol. Nos próximos dias, um executivo do futebol será anunciado. Caberá a este profissional processar as mudanças necessárias para que voltemos a apresentar um futebol competitivo e equilibrado, condizente com a grandeza do Tricolor.

Uma nova diretriz só seria possível com o desligamento de alguns profissionais do clube. O Paraná Clube agradece o empenho e a luta do gerente de futebol Beto Amorim e do técnico Claudinei Oliveira, que conduziram o Tricolor nas disputas do Campeonato Paranaense, da Copa do Brasil e neste início de Brasileiro. Procuramos oferecer-lhes as melhores condições de trabalho, dentro da realidade econômica do clube. Profissionais em suas condutas, Beto e Claudinei saem, mas deixam as portas abertas com essa diretoria.

O executivo de futebol, que será apresentado na próxima quinta-feira, ficará à frente da contratação de um novo treinador, bem como de ajustes no elenco profissional para a sequência da temporada. Assim, o superintendente de futebol Durval Lara Ribeiro também se afasta do dia a dia do departamento de futebol profissional.

As medidas, aqui anunciadas, visam oxigenar o nosso departamento de futebol e assegurar uma retomada nos resultados que a torcida espera e merece. Sabemos da luta de todos para recolocarmos o Paraná Clube na Série A e esta diretoria seguirá não medindo esforços na busca por este objetivo. Restam pouco mais de cinco meses para o encerramento da temporada. Serão, até novembro, trinta jogos, trinta decisões.

Contamos com você, torcedor paranista, para seguirmos nessa caminhada, sem perder o foco, mas efetuando correções de rota, sempre que julguemos necessário.

Leonardo de Oliveira

Presidente do Paraná Clube

Colaboração: Assessoria de Imprensa do Paraná Clube e Robson de Lazzari/Rede Massa