22°
Máx
17°
Min

Paysandu é campeão paraense invicto; ABC goleia América e conquista 53º Potiguar

Com um gol relâmpago, susto e redenção no segundo tempo, o Paysandu venceu o São Francisco por 2 a 1, neste sábado, no estádio Mangueirão, em Belém, e se sagrou campeão paraense de 2016 de maneira invicta. O título acabou com a série de duas conquistas seguidas do Remo.

A partida reuniu os dois principais times do Campeonato Paraense. O campeão Paysandu, que bateu o arquirrival Remo na final do primeiro turno, ostentou a melhor campanha geral do torneio. Já o São Francisco - que superou o Cametá na decisão do segundo turno - foi derrotado pela primeira vez fora de casa e acabou com o vice.

A vitória do Paysandu começou com um gol logo no primeiro minuto de jogo no Mangueirão. Após cruzamento pelo lado esquerdo, Lombardi subiu mais alto que a zaga do São Francisco e testou forte para balançar as redes.

Ainda na primeira etapa, o São Francisco buscou o empate. Aos 29 minutos, Andrelino foi lançado na grande área e com um toque de primeira, por cobertura, deixou tudo igual na decisão.

Para evitar a decisão nos pênaltis, o Paysandu contou com a força de sua torcida e partiu para cima na segunda etapa. Aos nove minutos saiu o gol do título. Em cobrança de escanteio, Fabinho Alves aproveitou sobra e garantiu a vitória.

ABC MASSACRA AMÉRICA - Após o jogo parelho que terminou empatado por 3 a 3 no último domingo, o ABC não tomou conhecimento do rival América-RN e goleou por 4 a 0, neste sábado, no estádio Frasqueirão, em Natal, garantindo o seu 53.º título do Campeonato Potiguar - após um hiato de cinco anos.

A chuva de gols teve início logo aos cinco minutos do primeiro tempo. Após boa jogada de Jones Carioca, o paraguaio Echeverria encheu o pé para abrir o marcador. Jones ampliou aos 23, ao completar cruzamento de Erivélton.

Antes mesmo do intervalo, aos 34 minutos, o volante Felipe Macena, do América-RN, tocou a mão na bola dentro da área e a arbitragem assinalou o pênalti. Na cobrança, Nando mandou no meio do gol: 3 a 0.

Na segunda etapa, Nando apareceu para fazer mais um e assegurar o título para o ABC. Aos 26 minutos, Jones fez mais um bom cruzamento e o artilheiro não teve dificuldades para marcar seu 15.º gol no Potiguar.

OUTROS ESTADUAIS PELO BRASIL - Ainda neste sábado, o Luziânia bateu o Ceilândia por 1 a 0 - após vencer por 2 a 0 o jogo de ida - no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e conquistou o troféu de campeão brasiliense. Tatuí fez o gol do título, mas o nome do jogo foi o goleiro Edmar Sucuri, com uma bela atuação.

No Campeonato Capixaba, após perder o jogo de ida por 1 a 0, a Desportiva devolveu o placar e venceu o Espírito Santo no estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica (ES), e garantiu o seu 18.º título estadual. Com o empate no placar agregado, a equipe campeã fez valer a melhor campanha na primeira fase e no hexagonal semifinal.

Pelo Sergipano, o Itabaiana abriu o placar, mas não conseguiu segurar o Sergipe, que empatou o jogo por 1 a 1, em Itabaiana (SE), e se sagrou o campeão estadual deste ano. A conquista aconteceu graças ao triunfo por 1 a 0 na partida de ida. Neste sábado, os dois gols saíram no primeiro tempo. Heverton abriu o placar aos 22 minutos e Bruno Iotti empatou aos 40.