23°
Máx
12°
Min

Piqué alfineta Real ao exaltar título do Barça, mas prevê fim de domínio catalão

(Foto: Divulgação/Barcelona) - Piqué alfineta Real ao exaltar título do Barça, mas prevê fim de domínio catalão
(Foto: Divulgação/Barcelona)

O zagueiro Gerard Piqué deu entrevista coletiva nesta quarta-feira e, como de costume, não deixou de exibir o seu lado brincalhão e irreverente. O defensor ressaltou o domínio do Barcelona no Campeonato Espanhol, cuja conquistada do título obtida no último final de semana foi a sexta nas últimas oito edições da competição, assim como minimizou o peso de o Real Madrid poder faturar a Liga dos Campeões na final diante do Atlético de Madrid, no próximo dia 28, em Milão.

O jogador falou sobre o assunto ao projetar também a possibilidade de o Barça fechar essa temporada europeia com mais uma taça, domingo, contra o Sevilla, na decisão da Copa do Rei. Para ele, o "doblete" de conquistas nacionais já será mais do que suficiente para o time esquecer de vez a eliminação nas quartas de final da última Liga dos Campeões, sofrida diante do Atlético de Madrid.

"Que montem seus filmes em Madri. Nós, o nosso. A cada ano vamos somando títulos ao nosso museu", alfinetou Piqué, que falou também que um possível título do Real "não tiraria o valor do doblete". "Quando os dois (maiores da Espanha) ganhamos títulos parece que o que ganha a Champions tem mais mérito, mas não é assim", enfatizou.

Já ao falar da sequência de títulos do Campeonato Espanhol, que nos últimos oito anos só escapou das mãos do Barça em 2014 e 2012, Piqué ressaltou: "Estamos muito satisfeitos por seguir ganhando a Liga (Espanhola), conseguir seis Ligas de oito é brutal, não havia ninguém que havia feito isso no clube".

Entretanto, Piqué reconheceu que não há como o Barcelona seguir vencendo sempre e que este domínio uma hora irá acabar. "Não há nenhum clube que possa aguentar esse ritmo, mas esperamos alargar o máximo possível este ciclo ganhador", afirmou.

Ao projetar a decisão da Copa do Rei, Piqué acredita que será um duelo muito complicado, assim como não vê o Barça em vantagem pelo fato de o Sevilla disputar a final da Liga Europa, nesta quarta-feira, contra o Liverpool, na Suíça.

"Espero uma final parecida com a da Supercopa. Será muito difícil e é um time que compete muito bem e que chegou à duas finais", analisou, se referindo ao fato também de o Barça já ter sofrido para derrotar o Sevilla na decisão da Supercopa da Europa, no início desta temporada, quando só ficou com o título após uma vitória por 5 a 4, em final decidida na prorrogação, em agosto do ano passado.