21°
Máx
17°
Min

PM anuncia esquema especial de segurança para Atletiba na final do Paranaense

(Foto: Divulgação / Polícia Militar) - PM anuncia esquema especial de segurança para Atletiba na final do Paranaense
(Foto: Divulgação / Polícia Militar)

Mais de 700 policiais militares irão participar do esquema de segurança para a partida da final do Campeonato Paranaense, entre Coritiba e Atlético Paranaense, que acontece no próximo domingo (8), no Couto Pereira. A operação começa às 11h e será coordenado pelo 12º BPM com o apoio de diversos batalhões da Polícia Militar, secretarias municipais, Juizado Especial Criminal (Jecrim), Ministério Público, Poder Judiciário e Polícia Civil.

O esquema prevê que os atleticanos poderão utilizar o sistema de transporte coletivo até às 13h. A partir de 13h30 será a vez dos torcedores do Coritiba seguirem rumo ao Couto Pereira. As torcidas serão escoltadas por equipes da Rotam. As duas torcidas também acordaram que as torcidas organizadas do Atlético Paranaense, Ultras e Fanáticos, poderão entrar no estádio com uma faixa, sete instrumentos musicais e uniformes.

“Agiremos de forma preventiva a todo o momento, desde as primeiras horas da manhã acompanharemos a movimentação nos terminais de ônibus e nos deslocamentos das torcidas. Tratamos com os representantes dos clubes e das torcidas que a tolerância será zero no que tange as questões de dano ao patrimônio público, de rixa e ou qualquer outra que venha pôr em risco a integridade das pessoas que forem assistir ao jogo. Atuaremos até o encerramento do clássico, patrulhando não só no entorno do estádio, mas também no centro da cidade e nas periferias”, disse o Comandante do 12º BPM, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto.

O policiamento também será reforçado no entorno do estádio, com 10 pontos de bloqueios nas ruas próximas, e nos eixos de deslocamento das torcidas. Além disso, o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), junto com a Plataforma de Observação Elevada (POE) e o helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), farão o monitoramento.

Ao fim do jogo, a torcida do time perdedor deverá sair primeiro do Couto Pereira.

Colaboração Polícia Militar