27°
Máx
13°
Min

Polícia europeia diz que máfia russa está infiltrada em clubes do continente

A polícia europeia, em conjunto com a portuguesa, revelou nesta quarta-feira que detectou um esquema de infiltração da máfia russa no futebol do continente. De acordo com a acusação, um importante grupo do país está usando clubes em dificuldades financeiras para promover lavagem de dinheiro.

A Europol, serviço europeu de polícia, divulgou comunicado detalhando a operação. Segundo a investigação, a máfia russa identifica clubes de futebol do continente afundados em dívidas e se infiltra neles através de supostos "benfeitores" que aparecem como salvadores para estas agremiações.

Uma vez que a confiança dos dirigentes dos clubes está conquistada e o dano já foi minimizado pela verba destes "benfeitores", os mafiosos aproveitam para lavar milhões de euros através da transferência de atletas, do acordo para transmissões de tevê e de apostas.

As polícias portuguesa e europeia trabalharam juntas e invadiram na última terça-feira a sede do União de Leiria, da terceira divisão de Portugal, onde prenderam três membros da máfia russa. De acordo com o comunicado, foram realizadas buscas nas instalações de outros três clubes do país, não revelados.

Apesar da investigação ter iniciado em Portugal, a Europol explicou que já identificou ramificações do esquema na Áustria, na Alemanha e no Reino Unido. No entanto, não forneceu maiores informações sobre estes casos.