22°
Máx
16°
Min

Polícia pede que CBF não promova nenhum jogo no Rio durante período olímpico

Três dos quatro grandes clubes cariocas - Vasco, Fluminense e Botafogo - podem ser obrigados a transferir para fora do Estado do Rio de Janeiro os jogos que realizariam em estádios fluminenses durante o mês de agosto.

A Polícia Militar do Rio solicitou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que suspenda os eventos esportivos durante o período olímpico "para não comprometer a capacidade operacional que estará concentrada nos eventos olímpicos". "O efetivo do Grupamento de Policiamento de Policiamento em Estádios será empenhado nas modalidades de futebol das Olimpíadas", afirma nota divulgada pela PM nesta sexta-feira.

A CBF ainda não se manifestou sobre o pedido da Polícia Militar. Os clubes também não se pronunciaram oficialmente sobre a solicitação. Se a CBF aceitar a recomendação, cada clube teria que mudar o palco de pelo menos duas partidas. O Flamengo não será afetado porque já tem programado seus jogos fora do Estado do Rio.

Segundo a PM, a medida começaria a valer em 1º de agosto, e nesta data já poderia afetar a partida entre Botafogo e Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro. Mas o Botafogo planeja antecipar esse jogo para o dia 31. Se conseguir, a disputa escaparia do período afetado, e o time carioca ficaria prejudicado apenas nos jogos contra Grêmio (dia 7) e Sport (dia 20).

O Fluminense seria afetado pela medida nos jogos contra Figueirense (3) e América-MG (14). Uma terceira partida, contra o Palmeiras, no dia 28, inicialmente programada para o Rio, já foi negociada e deve ser realizada fora do Estado. Já o Vasco, que disputa a Série B, teria que mudar suas partidas contra o Sampaio Correa (dia 20) e o Vila Nova (dia 30).