23°
Máx
12°
Min

Por corte de custos, Elias poderá deixar o Corinthians no meio do ano

(Foto: Divulgação)  - Por corte de custos, Elias poderá deixar o Corinthians no meio do ano
(Foto: Divulgação)

Ao mesmo tempo em que o Corinthians reconhece que faltaram jogadores mais experientes em decisões para avançar às quartas de final da Copa Libertadores, um dos atletas mais experientes do time, o volante Elias, de 30 anos, é o mais cotado a deixar o clube alvinegro na próxima janela de transferências internacionais, no meio do ano.

O único jogador do clube convocado para a seleção brasileira é também o mais caro do elenco. É o que tem maior salário, cerca de R$ 450 mil. Dentro do clube, Camacho, jogador do Audax, poderia cumprir a mesma função do atleta. Ou até mesmo apostar em Rodriguinho.

Um possível destino de Elias seria o futebol chinês. Em janeiro, o volante quase foi negociado com o Hebei China Fortune, mas a transferência não se concretizou.

Outro jogador experiente do elenco, o volante Cristian, sequer é relacionado e o clube tenta negociá-lo a outra equipe do Campeonato Brasileiro. O atleta, de 32 anos, jamais se firmou no time desde que retornou ao clube no início do ano passado.

Para a disputa do Brasileirão, além de Camacho, o Corinthians espera fechar com outro jogador que disputou o Paulistão pelo Audax: o atacante Bruno Paulo. Mas o principal objetivo da diretoria, com o aval da comissão técnica, é contratar um centroavante. Ainda que o técnico Tite defenda o atacante André, a análise é de que o clube precisa de outro jogador para a posição.

De acordo com Tite, a ideia é qualificar o elenco para o Brasileirão, que começa no próximo fim de semana. "Do treinador, não tem. Mas tem uma lista (de reforços) do Corinthians, por busca de melhoria", afirmou.

Na sexta-feira, em entrevista coletiva, Tite afirmou que a meta do Corinthians é chegar à final da Copa do Brasil e terminar o Brasileirão dentro do G4. "Qual nosso objetivo agora? Final da Copa do Brasil, objetivo real, e classificar para a Libertadores pelo Brasileiro", afirmou. "Sonhamos com o título, mas o objetivo real é esse".