22°
Máx
16°
Min

Presidente do Atlético-MG anuncia contratação do atacante Fred

Foto: Rafael Ribeiro/ CBF  - Presidente do Atlético-MG anuncia contratação do atacante Fred
Foto: Rafael Ribeiro/ CBF

O atacante Fred vai se tornar um dos poucos jogadores a ter vestido a camisa dos três grandes clubes de Minas Gerais. Revelado pelo América-MG e com passagem marcante pelo Cruzeiro, o veterano foi anunciado nesta quarta-feira à noite como reforço do Atlético-MG. Será apresentado exatamente no clássico contra o Cruzeiro, domingo, no Independência, e assinará contrato até o fim de 2018.

Como de costume desde quando Alexandre Kalil era o presidente, o anúncio da contratação veio com uma mensagem curta postada na conta do presidente Daniel Nepomuceno no Twitter. "Domingo, Fred estará no Independência! É do Galo!", escreveu ele, brevemente.

O dirigente só havia postado cinco vezes no Twitter desde setembro do ano passado. Na rede social, anunciou as contratações dos técnicos Diego Aguirre e Marcelo Oliveira e do atacante Robinho.

O Atlético-MG já namorava Fred desde o começo do ano, quando correu o risco de perder Lucas Pratto para o futebol chinês. Depois, em abril, voltou a negociar com o centroavante quando ele se desentendeu com o técnico Levir Culpi e chegou a ser afastado. Atacante e treinador se entenderam e Fred, naquele momento, decidiu continuar nas Laranjeiras.

Agora, ele mudou de ideia às vésperas de fazer seu sétimo jogo no Brasileirão pelo Fluminense, o que o deixaria inapto a se transferir para outro clube do torneio. De acordo com breve postagem do Atlético-MG, também no Twitter, a transação não envolve outros jogadores.

O Atlético vai ficar com um ataque de peso. O elenco conta com Luan, Carlos, Pratto, Hyuri, Robinho e Clayton, além do jovem Capixaba, eleito a revelação do Campeonato Mineiro.

Fred apareceu em 2003, ao marcar, pelo América-MG, o gol mais rápido da história do futebol até hoje. Ele ficou duas temporadas entre os profissionais no Independência antes de passar um ano e meio no Cruzeiro.

Vendido à Europa em 2005, ficou no Lyon até 2009, ganhando três edições do Campeonato Francês. Entre altos e baixos, ele estava no Fluminense desde 2009. Nas Laranjeiras, foi bicampeão brasileiro, em 2010 e 2012.

O Atlético é só o 14.º colocado no Campeonato Brasileiro, com sete pontos, a cinco do G4 e seis do líder Corinthians. O Fluminense soma nove pontos, em oitavo.