21°
Máx
17°
Min

Presidente do Fluminense diz que vai pedir anulação de jogo contra o Fla

(Foto: Divulgação) - Presidente do Fluminense diz que vai pedir anulação de jogo
(Foto: Divulgação)

Revoltado com a anulação do gol de empate do Fluminense com o Flamengo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), o presidente tricolor Peter Siemsen disse que vai pedir a anulação do jogo disputado na noite desta quinta-feira. Segundo o dirigente, ouve interferência externa na decisão do árbitro Sandro Meira Ricci, que apitou a partida na companhia dos assistentes Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse, todos da Fifa - o trio atuou junto na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

"Eu sou o maior defensor do uso do vídeo no futebol brasileiro. Porém, no momento, ele é irregular. A regra é igual para todos e, neste jogo, não foi. Esse jogo, para mim, tem de ser anulado. Vamos tomar todas as medidas. Vamos pedir a anulação da partida", disse o mandatário do Flu, em entrevista à Rádio Tupi.

Toda confusão começou aos 39 minutos do segundo tempo. O árbitro marcou impedimento no gol de Henrique no primeiro momento. Depois, recuou e validou o gol. E, por fim, anulou novamente. A discussão do lance causou longos 13 minutos de paralisação até a decisão final.

De acordo com Siemsen, foi neste intervalo que Ricci foi informado que o atleta do Fluminense estava impedido. "É uma bagunça. Além de prejudicar o Fluminense no primeiro gol do Fla, no qual Réver está impedido e atrapalha a saída do nosso goleiro, houve essa lambança. Ficou clara que o juiz usou a interferência externa. Hoje isso é irregular. O juiz demorou 13 minutos, permitiu a entrada de pessoas estranhas ao campo. Conversou com o delegado do jogo. Ele postergou a decisão", criticou o dirigente.

O cartola ainda disse que decisão desestabilizou sua equipe para a sequência do jogo. "Não tenho dúvida que ele recebeu informação externa e anulou o gol. Ele validou o gol inicialmente, aí ia correr para o meio do campo. Ele usou a interferência externa. Depois, não deu o tempo correto de acréscimo. Ele desestabilizou o Fluminense."

Com o resultado de 2 a 1, o Fluminense perdeu seu segundo jogo consecutivo, estacionou nos 46 pontos e caiu para a 6ª posição do Campeonato Brasileiro. Já o Flamengo encostou no Palmeiras na briga pelo título. Tem agora 60 pontos, contra 61 do rival paulista, que empatou sem gols com o Cruzeiro, também na noite desta quinta.