22°
Máx
17°
Min

PSG domina e larga com pequena vantagem sobre o Chelsea nas oitavas

(Foto: Divulgação)  - PSG domina e larga com pequena vantagem sobre o Chelsea nas oitavas
(Foto: Divulgação)

Pelo terceiro ano consecutivo, Paris Saint-Germain e Chelsea iniciaram nesta terça-feira o confronto de oitavas de final da Liga dos Campeões. Na capital francesa, os donos da casa foram superiores durante os 90 minutos e conseguiram a vitória por 2 a 1. O resultado, no entanto, poderia ter sido bem mais elástico se não fosse a grande atuação do goleiro Courtois.

O PSG leva uma pequena vantagem para a partida de volta, no dia 9 de março, em Londres, mas o confronto segue em aberto. Isso porque o Chelsea precisa apenas vencer por 1 a 0 diante de seus torcedores para avançar. Aos franceses, basta o empate ou uma derrota por um gol de diferença desde que marquem ao menos duas vezes.

O confronto desta temporada entre PSG e Chelsea é uma espécie de tira-teima da história recente entre as duas equipes. Isso porque nas oitavas de final da Liga dos Campeões de 2013/2014, os ingleses levaram a melhor e eliminaram os franceses, que deram o troco e triunfaram na mesma fase da competição na temporada seguinte.

O JOGO - O Paris Saint-Germain deixou claro desde o início que a recomendação de Laurent Blanc era não deixar o Chelsea respirar. Os primeiros minutos foram todos dos franceses, que dominaram a posse, apertaram a marcação no campo de ataque e ainda tiveram bons momentos em chutes de longe. Primeiro, com Verratti, que exigiu boa defesa de Courtois. Depois, Lucas tentou e mandou para fora.

Mas já na primeira ida ao ataque, o Chelsea quase abriu o placar. Aos 22 minutos, Baba Rahman cruzou da esquerda, Diego Costa subiu de cabeça e finalizou firme, mas próximo a Trapp, que mostrou muito reflexo para desviar. A bola ainda desviou no travessão e saiu.

A pressão parisiense diminuía com o passar do tempo, mas os donos da casa ainda eram melhores que o Chelsea. Até que em uma bola parada, o PSG marcou o primeiro. Aos 39 minutos, Lucas, que fazia ótima partida, arrancou pelo meio e foi derrubado por Mikel quase na meia-lua. Ibrahimovic encheu o pé na cobrança, a bola desviou no próprio Mikel e matou Courtois.

Mas não demoraria para Mikel se redimir. Aos 45 minutos, Willian cobrou escanteio da direta, Diego Costa desviou na primeira trave e o nigeriano apareceu sozinho para finalizar para a rede.

Se no primeiro tempo o PSG foi superior, levou um susto logo no início do segundo, porque aos três minutos Willian puxou contra-ataque da própria intermediária, avançou e deu enfiada perfeita para Diego Costa, que parou em Trapp.

Mas foi realmente apenas um susto, porque logo a superioridade parisiense ficou evidente. E aí, apareceu a estrela de Courtois. Aos cinco minutos, Di María arriscou de longe e o belga fez grande defesa. Aos 15, foi a vez de Lucas, após bela tabela com Ibrahimovic, parar no goleiro.

Precisando da vitória, Blanc tirou Lucas e colocou Cavani aos 28 minutos, e o uruguaio mostrou toda sua estrela momentos depois. Aos 32, Di María dominou na intermediária e deu lançamento perfeito para Cavani, que deixou a bola pingar e bateu firme na saída de Courtois, recolocando o PSG em vantagem.

Sabedor de sua superioridade, o PSG não diminuiu o ritmo com a vantagem, pelo contrário, foi para cima em busca de um resultado ainda mais positivo. Aos 45, ainda teve boa chance quando Ibrahimovic recebeu cruzamento da esquerda e finalizou em cima de Courtois. Mas o Chelsea se fechou e conseguiu segurar o resultado, que não foi dos piores para os londrinos.