22°
Máx
16°
Min

Quatro jovens convencem Oswaldo e devem continuar no clube

O primeiro mês de trabalhos no Corinthians fez com que Oswaldo de Oliveira já tenha um conceito inicialmente estabelecido sobre praticamente todo o elenco. Assim, está bem encaminhada a permanência de pelo menos quatro jovens no elenco para a temporada 2017: o atacante Léo Jabá, o volante Marciel, o zagueiro Léo Santos e o lateral direito Léo Príncipe têm agradado o treinador e recebeu elogios internos.

Nos últimos dias, algumas possibilidades de empréstimos para o garoto Marciel foram apresentadas ao Corinthians. Equipes como o Sport e o Paraná Clube foram destinos cogitados, mas a direção do clube avisou que contava com ele nos planos para o próximo ano.

A oportunidade concedida por Oswaldo a Marciel em partida diante do Internacional, na última semana, reforçou a impressão de que ele entrou nos planos. O volante de 21 anos é visto no Corinthians como talentoso, mas há também o entendimento de que ele precisa amadurecer dentro e fora de campo. Cedido ao Cruzeiro em janeiro, Marciel não teve uma boa passagem pela Toca da Raposa.

Quem caiu nas graças de Oswaldo foi o atacante Léo Jabá, que estreou oficialmente como profissional no mesmo jogo diante do Inter. Com somente 18 anos, ele é visto como um atleta pronto fisicamente e com virtudes importantes. "Fiquei muito surpreendido com a capacidade que ele tem de puxar contra-ataque, se apresentar como um jogador voluntarioso e decisivo. Se nos próximos jogos isso acontecer, vou utilizar sim, não tenha dúvida", declarou o treinador sobre Jabá.

O zagueiro Léo Santos, também de 18 anos, teve estreia com destaque no empate por 1 a 1 com o Figueirense. É provavelmente o atleta jovem com melhor conceito dentro da comissão técnica, pela postura e qualidade técnica. A possibilidade de empréstimo dele é quase nula.

Já o lateral Léo Príncipe, 20 anos, é outro jogador elogiado dentro do Corinthians. A avaliação interna sobre ele é positiva, principalmente depois de exibições durante períodos ausentes de Fagner. Há alguns meses, porém, a direção corintiana se divide entre contratar um novo lateral direito ou apostar em Léo para o próximo ano. É grande, porém, a tendência que ele seja mantido no grupo depois de passagem pelo Oeste de Itápolis-SP.

Sem grandes perspectivas de investimentos para 2017, o Corinthians busca soluções para dar mais corpo e experiência ao elenco, mas não fala em contratações em atacado. Dessa forma, os jogadores jovens devem seguir com espaço dentro do elenco com aposta em seu desenvolvimento. Maycon, volante emprestado à Ponte Preta, 19 anos, também irá compor o elenco.