21°
Máx
17°
Min

Ramiro é mais um diagnosticado com caxumba no Grêmio e fica fora por 10 dias

Se emendou uma boa sequência e não sabe o que é derrota há dez partidas, o Grêmio encontra dificuldades para parar um adversário fora de campo. Nesta segunda-feira, o clube noticiou um terceiro caso consecutivo de caxumba no elenco. A vítima desta vez foi o volante Ramiro.

Segundo nota oficial divulgada pelo clube, Ramiro se tornou baixa nesta segunda, após ser submetido a exames. O jogador deverá ficar afastado por 10 dias e sequer viajará com o elenco para Quito, onde o Grêmio fará o duelo decisivo diante da LDU no próximo dia 13, pela Libertadores. Pelo Gaúcho, o jogador não pegará o Brasil de Pelotas, nesta quarta, pelas quartas de final.

Ramiro é simplesmente o terceiro caso de caxumba diagnosticado pelo departamento médico em sequência, seguindo os exemplos dos atacantes Luan e Henrique Almeida. Sem ele, a tendência é que Wallace Oliveira, contratado para esta temporada, seja o titular da lateral direita, onde o volante vinha atuando.

Mas o dia não foi apenas de más notícias para o Grêmio. Se perdeu Ramiro, o técnico Roger Machado pôde comemorar o retorno do atacante Everton, que vinha sendo titular até sofrer uma inflamação no púbis que o tirou das últimas partidas. Ainda não se sabe, no entanto, se ele poderá encarar o Brasil de Pelotas.