22°
Máx
17°
Min

Real Madrid goleia time polonês, mas Borussia Dortmund segue líder do grupo

O Real Madrid fez a sua parte nesta terça-feira, mas não conseguiu alcançar a liderança do Grupo F da Liga dos Campeões. Jogando no Santiago Bernabéu, o time espanhol goleou o Legia Varsóvia por 5 a 1, placar insuficiente para chegar à ponta. Isso porque o Borussia Dortmund bateu o Sporting por 2 a 1, fora de casa, e se manteve na primeira colocação da chave.

Morata foi o maior destaque da partida, com um gol e uma assistência. O brasileiro Marcelo também teve boa participação na goleada. E Cristiano Ronaldo, mais participativo na armação do que nas finalizações das jogadas, passou em branco, apesar das inúmeras tentativas, principalmente no segundo tempo.

Real Madrid e Borussia Dortmund somam sete pontos na tabela, porém o time alemão leva vantagem no saldo de gols - graças ao 6 a 0 aplicado no Legia, na estreia. O Sporting, que contou com gol de Bruno César nesta terça, continua com três pontos. E o Legia segue sem pontuar na competição.

No embalo da goleada sobre o Betis, no sábado, pelo Espanhol, o Real Madrid partiu para cima do Legia Varsóvia e não deu sossego ao time polonês no primeiro tempo - ao todo, foram 14 finalizações em 45 minutos. Logo aos 5, Cristiano Ronaldo quase abriu o placar em finalização rasteiro da direita, com perigo.

Sem se intimidar, o Legia respondeu no minuto seguinte, em chute de fora da área de Moulin. Mas o esforço dos visitantes logo foi abafado por novas ofensivas dos espanhóis. Aos 12, Bale investiu pela direita, entrou na área, cortou para dentro e bateu cruzado, abrindo o placar.

A torcida merengue ainda estava no clima de comemoração quando Benzema iniciou jogada pela esquerda e deu passe para trás para Marcelo encher o pé e mandar para as redes. A bola desviou na zaga e enganou o goleiro Arkadiusz Malarz. A Uefa chegou a registrar o gol para o brasileiro, mas depois recuou e deu o crédito ao polonês Tomasz Jodlowiec.

Se o lateral-esquerdo Marcelo brilhava no ataque, o lateral-direito Danilo vacilava na defesa. Aos 20, ele fez falta boba dentro da área. Na cobrança do pênalti, Miroslav Radovic descontou para os visitantes.

Mas o Real não diminuiu o ritmo e deixou o gramado ao fim do primeiro tempo com boa vantagem depois que Cristiano Ronaldo fez função de pivô dentro da área e Asensio bateu rasteiro para o gol, aos 37 minutos.

Na segunda etapa, o time da casa seguiu no ataque - terminou a partida com 30 finalizações. No entanto, foi menos efetivo, principalmente com Cristiano Ronaldo. O atacante português parava no goleiro Malarz ou errava o alvo.

A bola só voltou a entrar para o Real Madrid quando Zidane trocou Bale por Morata, que deu nova cara ao ataque anfitrião. Aos 23 minutos, ele levantou na área e Lucas Vázquez pegou de primeira, marcando belo gol. Aos 40, ele mesmo converteu, ao aproveitar passe de Cristiano Ronaldo, selando a goleada.

BORUSSIA DORTMUND - Em Lisboa, o Borussia Dortmund não teve problema para se impor no campo do adversário. Aos 9 minutos, o time alemão já celebrava o primeiro gol, marcado por Pierre-Emerick Aubameyang.

Um dos jogadores mais cobiçados da última janela de transferências, ele recebeu lançamento pela direita, entrou na área e bateu por cobertura, na saída do goleiro Rui Patrício.Antes do intervalo, o Borussia anotou o segundo gol, com Julian Weigl, ampliando a vantagem.

No segundo tempo, o time da casa cresceu em campo. Passou a atacar mais e equilibrou o duelo. Aos 22 minutos, o brasileiro Bruno Cesar bateu tiro indireto dentro da área e diminuiu a vantagem dos alemães. Mas a reação dos anfitriões parou por aí e o Borussia pôde somar mais três pontos na chave.

CONFUSÃO COM TORCEDORES DO LEGIA - Cerca de duas horas antes da partida entre Real e Legia, torcedores poloneses entraram em confronto com a polícia espanhola. Alguns fãs do Legia chegaram a arremessar garrafas nos policiais, que sofreram ferimentos leves, assim como alguns torcedores. Na madrugada, membros da torcida polonesa já haviam sido detidos por conta de uma confusão num bar de Madri.