27°
Máx
13°
Min

Reservas do Santos querem aproveitar chance em clássico contra o São Paulo

O calendário do futebol brasileiro ainda permite que alguns dos principais clássicos do País sejam realizados durante data Fifa, com os clubes desfalcados dos seus melhores jogadores. O Santos, por exemplo, recebe o São Paulo no domingo à noite, na Vila Belmiro, sem cinco jogadores, que estão a serviço da seleção brasileira principal e olímpica.

Isso abre espaço para os reservas mostrarem serviço ao técnico Dorival Júnior. Na lateral esquerda, por exemplo, Caju deve ganhar uma oportunidade, uma vez que Zeca está com o time sub-23 do Brasil. "É uma oportunidade que venho desejando desde o começo do ano. Estou bem ansioso, mas com a cabeça no lugar para render bem na partida", diz o garoto.

Na frente, tanto Gabriel quanto Ricardo Oliveira estão a serviço da seleção, o que abre a oportunidade do camaronês Joel jogar. Ele diz que não pretende "roubar" o posto dos ídolos no time titular.

"Roubar a vaga, não. É uma equipe. Se eu for escolhido, isso mostra a força do grupo. Tirando um e entrando outro, o padrão permanece. Essa é a força da equipe do Santos", exaltou o atacante.

Com tantas mudanças, o Santos aproveita a semana de folga para tentar se entrosar. "A preocupação é conseguirmos, neste curto espaço, nos entrosar. O Dorival é muito estudioso. Ele tem nos passado posicionamento, pontos fracos do São Paulo e o que temos de fazer para neutralizar eles e jogar em cima dos pontos fracos", comentou Victor Ferraz.