22°
Máx
14°
Min

Riascos xinga o Cruzeiro após derrota e está fora do clube

(Foto: Divulgação)  - Riascos xinga o Cruzeiro após derrota e está fora do clube
(Foto: Divulgação)

Uma declaração surpreendente do atacante colombiano Riascos à rádio Itatiaia, pouco tempo depois da derrota do Cruzeiro para o Fluminense, por 2 a 0, neste domingo, em Edson Passos, no Rio de Janeiro, aumentou ainda mais a crise no clube mineiro, que está na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Logo após o fim do jogo, o colombiano, que entrou na segunda etapa, foi questionado sobre sua fase no time de Belo Horizonte. "Não está normal. Não estou feliz com isso que está acontecendo. Tem que encontrar uma solução porque não pode tirar minha felicidade para jogar nessa m... aqui", disparou.

A declaração causou revolta na direção cruzeirense. "Diante dessa postura, nós não aceitamos de forma alguma a participação de atletas com essa conduta e com esse posicionamento. A partir de agora, ele está fora da delegação e passa a ser um problema administrativo e jurídico. Vamos até o final para que ele pague da forma mais dura e legal pelo comportamento que teve. O Cruzeiro vive esse momento difícil, de reorganização, mas é com respeito e honestidade que vamos voltar para onde devemos estar", disse o diretor de futebol Thiago Scuro.

Contratado em janeiro de 2015, Riascos tem vínculo com o Cruzeiro até janeiro de 2018 e recebe um dos maiores salários do elenco. Ele já foi emprestado ao Vasco, na temporada passada, e retornou à Toca da Raposa II em maio deste ano - o jogador chegou a dizer publicamente que não queria deixar o time carioca. Ele chegou a receber oportunidades com Paulo Bento, mas não teve bom rendimento.

Neste domingo, entrou em campo aos 22 minutos do segundo tempo e mais uma vez não foi bem. Displicente, deu um chutão na bola em lance parado e levou o terceiro amarelo - ele está suspenso da próxima rodada, quando o Cruzeiro enfrenta o Sport, em casa.