22°
Máx
16°
Min

Roberto de Andrade diz que Corinthians 'tem mais a oferecer' a Tite do que a CBF

Os contínuos questionamentos a Dunga e o ótimo trabalho de Tite à frente do Corinthians foram suficientes para que crescessem as especulações sobre uma possível ida do técnico do clube paulista para a seleção brasileira. A possibilidade, no entanto, parece não assustar o presidente corintiano Roberto de Andrade.

"Eu dou risada, porque da mesma forma que o Tite passa as coletivas respondendo sobre isso, eu também, quando sou encontrado pelo pessoal da imprensa. Eu repito, fico muito tranquilo, conheço o potencial do Tite e sei logicamente que não posso responder por ele. É uma decisão pessoal, mas o que já disse a ele e em público é que hoje o Corinthians tem muito mais a oferecer que a CBF", disse nesta quinta-feira em entrevista ao SporTV.

As críticas a Dunga aumentaram depois das últimas duas partidas da seleção brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, empates em 2 a 2 com o Uruguai e o Paraguai. Por outro lado, Tite vem conseguindo um grande início de temporada com o Corinthians, que lidera seu grupo na Libertadores e no Campeonato Paulista, apesar da debandada de jogadores ao fim do ano passado, após o título brasileiro.

Tite nunca escondeu a tristeza por não ter sido lembrado pela CBF após a última Copa do Mundo, quando estava no mercado após a demissão de Luiz Felipe Scolari e viu justamente Dunga ser escolhido. Talvez por isso, o comandante corintiano chegou a dizer algumas vezes que não aceitaria um possível convite para assumir a seleção. Na última quarta, após a vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta pelo Campeonato Paulista, repetiu o discurso.

"O tempo de escolha já passou. No passado me perguntaram se eu estava preparado, e eu disse que sim. Mas agora é outro momento. Estou muito feliz no momento. Não esperava que a equipe crescesse tão rápido assim", comentou. "Fico orgulhoso e eu sempre vou buscar algum tipo de aprimoramento. Mas existem outros técnicos capacitados para serem técnicos da seleção."