23°
Máx
12°
Min

Santos empata com Flamengo na Arena Pantanal e assume a liderança do Brasileirão

(Foto: Divulgação/Flamengo) - Santos empata com Flamengo e assume a liderança da Brasileirão
(Foto: Divulgação/Flamengo)

O objetivo do Santos era vencer, mas o empate sem gols com o Flamengo foi o suficiente para o time garantir a liderança do Campeonato Brasileiro, enquanto o Palmeiras não faz o seu confronto com a Chapecoense, na quinta-feira, no encerramento da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de ter conquistado a primeira colocação nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), o time paulista mantém a distância para o rubro-negro.

A liderança santista não é isolada. O clube possui 33 pontos, mesmo número do Corinthians, mas leva vantagem no saldo de gols (16 a 13) - o time paulista foi derrotado pelo Atlético Paranaense por 2 a 0, nesta quarta, na Arena da Baixada, em Curitiba. Com 31 pontos, o Flamengo segue em quinto e desperdiçou mais uma chance de ingressar no G4 do Brasileirão.

Apesar do Santos ter sido mandante, o Flamengo é quem se sentiu em casa. Além de ter maioria da torcida, a equipe carioca foi também quem criou as melhores chances de gol e quem se impôs em campo. Logo no início da partida, Marcelo Cirino entrou na área, mas errou a finalização e perdeu a chance de fazer 1 a 0.

O jogo rubro-negro era pelas laterais. Em uma delas, Pará levantou para Guerrero, que mandou para fora. Pouco depois, Éverton finalizou e Vanderlei fez boa defesa. Sem Lucas Lima, lesionado, o Santos sentia falta de um articulador. Quando a equipe tentava acelerar o jogo, o time se perdia e era presa fácil para o adversário.

Era difícil para o alvinegro chegar ao gol, mas quando conseguiu, quase marcou. Com espaço pela direita, Vitor Bueno avançou e acertou um forte chute no travessão. O segundo tempo permaneceu com o Flamengo dono da posse de bola, mas o Santos conseguiu neutralizar os lados do adversário e equilibrou a partida. A entrada de Fernandinho no lugar de Marcelo Cirino, lesionado, também contribuiu para que isso acontecesse.

Com o jogo mais igual, o Santos encontrou espaço para atacar. Aos 14, Rodrigão passou por Réver e obrigou Alex Muralha a fazer boa defesa. A resposta carioca foi com Fernandinho, que cruzou e viu Guerrero e Réver chegarem atrasados. O ritmo mais lento do jogo fez com que os treinadores começassem a usar o banco, mas sem sucesso.

Quando a expectativa de gols era baixa, Mancuello quase garantiu a vitória carioca. O volante argentino recebeu na intermediária e acertou um potente chute que atingiu o travessão de Vanderlei. Mancuello ainda fez nova tentativa, aos 44, que parou em Vanderlei. No último minuto do jogo, Fernandinho cabeceou em de Luiz Felipe, que bloqueou a bola com a mão. Os cariocas pediram pênalti, mas o árbitro ignorou e decretou o final da partida.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 0 x 0 FLAMENGO

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini, Vitor Bueno, Jean Mota (Joel) e Copete; Rodrigão (Elano). Técnico: Dorival Júnior.

FLAMENGO - Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick (Mancuello); Everton (Adryan), Cirino e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

CARTÕES AMARELOS - Caju (Santos); Éverton (Flamengo).

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA).

RENDA - R$ 1.748.455,00.

PÚBLICO - 21.799 pagantes.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).