22°
Máx
16°
Min

Santos volta a vencer e empurra Botafogo para a lanterna do Brasileiro

Com um belo gol de Vitor Bueno, o Santos venceu o Botafogo com facilidade por 3 a 0 neste domingo pela manhã, no estádio Pacaembu, em São Paulo. Além de quebrar uma sequência de três partidas sem vitória, o time paulista finalmente terminou um jogo sem sofrer gols, enquanto os cariocas seguem com a sua sina de terem sido vazados em todas as seis primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro.

O público no Pacaembu, de 16.530 pagantes, superou o número dos dois primeiros jogos do time na Vila Belmiro. Com oito pontos, o Santos assumiu a nona posição e volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Santa Cruz, no estádio do Arruda. Cada vez mais em crise, o Botafogo caiu para a lanterna, com quatro pontos, e tenta se reabilitar contra o Vitória, em Volta Redonda, em novo jogo domingo pela manhã no domingo que vem.

Sem se importar com as ausências de Gabriel e Lucas Lima, com a seleção, e Ricardo Oliveira, lesionado, o Santos parecia jogar com time completo. Com uma postura ofensiva, marcação alta e ambição, o time quase abriu o marcador no primeiro minuto de jogo. Renato roubou a bola na intermediária e encontrou Vitor Bueno. O problema é que o atacante foi displicente e perdeu o gol.

Mas, pouco tempo depois, ele se redimiu. Após belo passe de Thiago Maia, aos 10, Vítor Bueno deu um chapéu em Helton Leite na área e completou para o gol: 1 a 0. O gol desmoronou o Botafogo, que na única vez que chegou ao ataque, viu Vanderlei fazer ótima saída de gol para evitar a finalização de Ribamar.

Aos 34 minutos, Helton Leite falhou. Após rápida troca de passes, Léo Citadini encontrou Paulinho na área. O atacante chutou cruzado e o goleiro não conseguiu segurar: 2 a 0.

No segundo tempo, o calor se intensificou e o Santos não foi tão agressivo como no primeiro. Sem muita movimentação, chegou ao ataque em cobrança de falta de Vitor Bueno defendida por Helton Leite. Aos 13, Neilton foi derrubado na área por David Braz. Pênalti. O próprio Neilton cobrou, mas mandou para fora e desanimou ainda mais o time carioca.

Sem a reação, frustrada por Neilton, o Botafogo não demorou a sofrer novo gol. Aos 24, Vitor Bueno cobrou escanteio, Bruno Silva não conseguiu se esquivar e fez contra: 3 a 0. Com o placar elástico, o Santos apenas administrou o resultado para colocar um fim na sequência de três partidas sem vitória.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 X 0 BOTAFOGO

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno (Valencia) e Léo Cittadini (Serginho); Paulinho e Joel (Diogo Vitor). Técnico: Dorival Júnior.

BOTAFOGO - Helton Leite; Diego, Emerson Silva, Emerson Santos e Victor Luís; Dudu Cearense, Bruno Silva, Leandrinho e Gegê (Gervasio Núñez); Anderson Aquino (Neilton) e Ribamar (Sassá). Técnico: Ricardo Gomes.

GOLS - Vitor Bueno, aos 10, e Paulinho, aos 34 minutos do primeiro tempo; Bruno Silva (contra), aos 24 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Maia (Santos) Leandrinho (Botafogo).

PÚBLICO - 16.530 pagantes (17.033 presentes).

RENDA - R$ 419.950,00.

LOCAL - Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP).