22°
Máx
14°
Min

São Paulo anuncia novos diretor e vice de futebol

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira a chegada de dois novos dirigentes para compor o departamento de futebol. José Alexandre Medicis da Silva será o novo vice-presidente de futebol, na vaga de Ataíde Gil Guerreiro, e José Jacobson Neto assume a vaga de Luiz Cunha na diretoria da futebol. A dupla assumiu nesta quarta e vai trabalhar na organização do elenco junto com o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e o diretor executivo Gustavo Oliveira.

A vice-presidência de futebol estava vaga desde março, quando Guerreiro deixou o cargo. O substituto dele, Medicis, trabalhou como diretor da base entre novembro de 2014 e agosto de 2015, período em que é considerado internamente no clube como responsável pela montagem da equipe sub-20 vencedora de torneios como a Copa do Brasil e a Copa Libertadores da categoria.

"Nosso desafio é continuar esse trabalho de integração das categorias de base com o profissional, que já tem mostrado seus frutos, e dessa forma, fortalecer o elenco de uma maneira que nos permita brigar por todos os títulos que disputarmos", disse o dirigente em entrevista ao site oficial do clube.

Já o novo diretor de futebol atuava na gestão como vice-presidente de administração e finanças. "É uma missão muito importante e tenho certeza de que os bons resultados continuarão chegando. Vamos seguir firmes com essa mentalidade de trabalhar em grupo para juntos alcançarmos os objetivos", afirmou Jacobson. O antecessor dele, Cunha, deixou o cargo por discordar da diretoria sobre a necessidade de contratação do meia peruano Cueva.

O presidente do clube ressaltou as nomeações dos novos dirigentes. "O são-paulino pode ter certeza de que são duas pessoas absolutamente preparadas para o cargo e que carregam consigo os traços de profissionalismo, parceria e comprometimento que desejamos para qualquer um que ocupe funções dentro do clube", comentou Leco.

O departamento de futebol do São Paulo tem passado por transformações nos últimos meses. Em março, Leco promoveu as saídas do vice-presidente da pasta, mais o diretor Rubens Moreno e o coordenador técnico Milton Cruz. Depois, para substituir os dois últimos, trouxe, respectivamente, Luiz Cunha e Pintado. O cargo de vice estava vago desde então, com a centralização das funções de contratação no diretor executivo Gustavo Oliveira.