24°
Máx
17°
Min

São Paulo apresenta zagueiro Maicon e tenta minimizar a crise após derrota

(Foto: Divulgação)  - São Paulo apresenta zagueiro Maicon e tenta minimizar a crise após derrota
(Foto: Divulgação)

A quinta-feira no São Paulo foi de muita conversa e esforço para manter a tranquilidade depois da derrota para o The Strongest por 1 a 0, pela Copa Libertadores. O técnico argentino Edgardo Bauza se reuniu com o elenco para conversar sobre os dois resultados negativos seguidos, enquanto que a diretoria manifestou confiança no time e apresentou o sexto reforço para a temporada: o zagueiro Maicon.

A tarde no CT da Barra Funda começou com um encontro entre o treinador e todo o elenco no centro do gramado. Como uma forte chuva começou, todos se dirigiram à área interna do CT e conversaram durante 30 minutos. Depois desse ínterim, os reservas foram a campo e quem atuou na derrota para a equipe boliviana fez trabalhos regenerativos de hidroginástica.

Duas horas após o fim das atividades, o clube apresentou a sexta contratação para 2016. O diretor-executivo de futebol, Gustavo Oliveira, fez um rápido pronunciamento antes de entregar a camisa 27 para o zagueiro Maicon, que vem por empréstimo do Porto, de Portugal, até o fim de junho. O dirigente manifestou tristeza pela derrota na Libertadores e demonstrou confiança na reação do time.

"A derrota nos lançou um grande desafio, de buscar em 15 pontos pelo menos nove ou até 11, o suficiente para se classificar. Não podemos pensar diferente", disse Gustavo Oliveira. O diretor afirmou que momentos de crise já eram esperados. "Empreender uma mudança, como estamos fazendo, não evita dificuldades. É um momento desafiador. Temos que olhar o que precisa ser melhorado", acrescentou.

O zagueiro Maicon concedeu entrevista coletiva logo depois e negou que vem ao São Paulo por ter enfrentado problemas no Porto. "Minha relação com o Porto é boa. Sempre fui respeitado lá e ainda sou. Quando recebi convite do São Paulo, achei que era o momento de dar um salto após sete anos de muita alegria", explicou. Segundo a imprensa portuguesa, o defensor de desentendeu com o departamento médico ao alegar uma lesão inexistente.

Revelado pelo Cruzeiro, Maicon saiu do Brasil aos 20 anos para se transferir ao futebol português. O zagueiro atuou na Nacional e passou as últimas sete temporadas no Porto, onde ganhou nove títulos. O contrato com o clube vai até junho de 2018 e o vínculo de empréstimo com o São Paulo termina em junho deste ano. Ainda não existe acordo para um possível prolongamento.

Maicon disse que quer permanecer mais tempo no time do Morumbi. "Para mim, tenho certeza que o São Paulo é hoje a melhor opção. Quero ficar até o fim da temporada. Temos muito pela frente. Infelizmente não tivemos um resultado positivo (contra o The Strongest), mas também podemos dar a volta por cima", explicou.